Sem vontade de casar, Susana Vieira diz que prefere andar nua com seus cachorrinhos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Atriz falou sobre relacionamentos (Foto: Reprodução/Instagram/@susanavieira)
Atriz falou sobre relacionamentos (Foto: Reprodução/Instagram/@susanavieira)

Susana Vieira acredita que sua cota de casamentos chegou ao fim. A atriz, de 79 anos, participou do "Encontro" desta quinta-feira (14) e afirmou, de forma bem-humorada, que não deseja mais casar de novo. A decisão foi tomada na pandemia. Depois de passar o isolamento sozinha, a veterana encontrou a tranquilidade e não quis mais se afastar dela. 

"Já casei tanto que cansei. Não sei se é por causa da idade, você sabe que o brasileiro adora uma gatinha... Quanto mais velho, mais gatinha. As pessoas de mais idade ficam na carência", iniciou a artista, que foi casada com Régis Cardoso (1961-1972), Marcelo Silva (2006–2008) e Sandro Pedroso (2010-2013).

Leia também:

Segundo Susana, as gravações da novela "Éramos Seis", antes do isolamento social, exigiam muito. Faltava tempo para sair e conhecer novas pessoas. Quando o lockdown começou, então, ela estava sem ninguém. 

"Era uma novela de época, eu fazia um papel triste, com roupas de época. Era difícil um gato olhar para mim e falar 'nossa, que delícia'. Gravava horas e horas a fio, não ia para uma boate, para um pagode, saía para nada", contou, aos risos. 

Nos primeiros dias isolada, Susana confessa que sentiu falta de um companheiro. Depois, ela se acostumou com a própria companhia e não quis ter mais ninguém. "Achei tão bom. [Poder] atravessar aquela casa inteira nua, cheia de cachorrinhos", completou ela, que passou mais de um ano sem beijar na boca.

Liberdade para se relacionar

Mesmo sem vontade de casar, Susana não fechou a porta para os contatinhos. Recentemente, ela deu uma entrevista para o "Jornal O Globo" e falou sobre sexualidade depois dos 50 anos. A atriz, que já se relacionou com homens mais novos, atribui ao machismo o pensamento de que as mulheres perdem a libido com o passar do tempo.

"Essa coisa de que a mulher perde a vontade de namorar ou transar depois dos 50 é ignorância. Acho que faz parte do machismo brasileiro, que é exagerado", declarou à publicação.

Susana ainda contou que seus relacionamentos com homens bem mais novos começaram porque eles "acham alguma graça" nela.

"Não dei apartamento para nenhum deles, meu amor, nem carro. Posso até ter dado uma moto (solta uma gargalhada). Essas pessoas mais jovens conseguem levar uma vida conjugal comigo porque sou engraçada, trabalho fora, não encho o saco nem telefono. Quero saber é do meu texto e se vou beijar o Cauã Reymond na próxima cena", brincou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos