Selena Gomez diz que já pensou em suicídio e que foi entupida de remédios

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Selena Gomez, 30, disse que já pensou em suicídio. "Foi quando cheguei aos 20 e poucos anos que tudo começou a ficar obscuro, quando senti que não estava no controle de mim mesma", afirmou ela em entrevista dada à revista Rolling Stone. "Achei que o mundo seria melhor se eu não estivesse lá."

A cantora revelou que recebeu diagnóstico de transtorno de bipolaridade em 2020. Numa live com Miley Cyrus, sua ex-colega de trabalho na Disney, Gomez contou que finalmente tinha descoberto por que teve tantas crises de depressão e ansiedade durante sua vida.

"Recentemente, fui a um dos melhores hospitais psiquiátricos dos Estados Unidos, o McClean Hospital, e descobri que eu era bipolar", disse na época.

Depois disso, seus médicos imediatamente a entupiram com vários tipos de remédos. O efeito foi negativo.

Enquanto promove seu novo documentário, "My Mind & Me", ela disse que conheceu um psiquiatra que a fez parar de tomar medicamentos desnecessários. Foi quando a cantora e atriz começou a se desintoxicar e a perceber melhoras na sua saúde mental. As informações são do portal Variety.

O documentário sobre a vida de Gomez será lançado no AppleTV+ nesta sexta-feira. Além disso, ela é uma das protagonistas de "Only Murders in the Building", série que mistura comédia e assassinatos. Todos os capítulos estão disponíveis no Star+.