Segundo estudo, tatuagens ajudam a fortalecer nosso sistema imunológico

Reprodução/Instagram @alexandrebremem

Presente na civilização há mais de cinco mil anos, a tatuagem tem se tornado cada vez mais comum nos dias atuais. Muitas pessoas buscam desenhar a pele em sinal de individualidade, mas um estudo recente provou que não se trata apenas de estética, mas sim de saúde.

Leia mais: Mulher faz tatuagem com pelos de seu gato

Pesquisadores da Universidade do Alabama descobriram que riscar a pele ajuda o corpo a enfrentar melhor vírus e infecções, fortalecendo nosso sistema imunológico. Foram analisados 24 mulheres e 5 homens, que após completarem suas sessões de tatuagem apresentaram queda nos níveis de imonuglobina A e do cortisol (hormônio relacionado ao estresse).

Leia mais: Com corpo completamente tatuado, professor quebra estereótipos de aparência

“Nossos dados sugerem que o corpo habitua ao longo do tempo ao estressor da tatuagem”, afirma o estudo. Mas vale lembrar que este resultado é obtido apenas para quem tem mais de uma tatuagem pelo corpo.