Segundo estudo, namorados são as pessoas mais difíceis de presentear no Natal

Presentear namorado(a) é difícil – Reprodução/Pixabay PublicDomainPictures

Por mais que a gente conheça as pessoas que amamos, muitas vezes é extremamente difícil presenteá-las e passamos horas escolhendo algo para dar à elas. Mas, segundo estudo realizado no Reino Unido, não é nossa mãe, melhor amigo ou o chefe que nos toma mais tempo, mas sim nossos namorados (as).

Leia mais: Mãe deixa série de presentes emocionantes para a filha antes de perder batalha contra o câncer

Organizada pela OnePoll, a pesquisa indica que passamos quase três horas escolhendo um presente para o amado. O estudo envolveu dois mil participantes e concluiu que há uma preocupação extrema para agradar os parceiros.

Uma média de 2h44 são gastas para encontrar o mimo ideal para namorados. As crianças aparecem em segundo lugar, com 2h27 gastas. Para as mães, cerca de 1h47 e pais, 1h28. Surpreendentemente, quem nos ocupa menos tempo para encontrar um presente são os chefes, cerca de apenas 32 minutos.

A pesquisa também traçou as reações das pessoas ao receber presentes. As crianças foram classificadas como as mais honestas e mais propensas a demonstrarem descontentamento a algo que ganharam. Um terço das pessoas que deram presentes disseram notar de imediato quando alguém não gostou do que recebeu.

E quando a situação é oposta, 30% confessaram expressar uma “falsa alegria” quando abrem um pacote que não gostaram. Uma grande parcela assumiu que repassam presentes para outras pessoas, com os homens sendo mais suscetíveis a dar algo que ganhou para alguém.

Leia mais: Nicole Bahls faz lista de casamento com presentes de até R$ 35 mil

Os participantes afirmaram gostar mais de dar presentes do que recebê-los e 44% dizem preferir ganhar algo cuidadosamente selecionado em vez de dinheiro ou vale presente.