Segundo estudo, crianças teimosas possuem maior chance de serem bem-sucedidas no futuro

Reprodução/Pixabay PublicDomainPictures

Quem tem filho pequeno sabe o quanto criá-los pode ser exaustivo. Muitas crianças são especialistas na arte da teimosia e segundo estudo recente, isso pode ser positivo.

Publicada no Developmental Psychology, a pesquisa indica que crianças teimosas ou insubmissas podem se tornar adultos mais bem-sucedidos. Ao todo foram analisadas 700 crianças com idades entre 8 e 12 anos, que foram acompanhadas até completarem 40.

Leia mais: Com síndrome rara, menina menstruou aos 4 anos e agora passa pela menopausa

As primeiras analises foram realizadas em 1968 através de testes de personalidade que envolviam traços como ganância, desobediência e consciência sobre a importância dos estudos. Os pesquisadores voltaram a avaliar informações dos participantes em 2008, levando em conta suas conquistas acadêmicas e profissionais e o salário que passaram a ganhar quando adultos.

Descobriu-se que aqueles com maior nível nos critérios analisados na infância ganham mais dinheiro por serem mais insistentes em condições desfavoráveis (como negociar salários e aumentos). Todos os teimosos na infância se mostraram mais bem-sucedidos na vida adulta e isso se deve ao fato de que eles possuem maior facilidade em dizer não e possuem maior firmeza em defender aquilo que desejam.

Leia mais: Amamentar torna crianças mais propensas a comerem vegetais, diz estudo

Isso os torna mais competitivos nos estudos e mais exigentes em transações no ambiente de trabalho. Mas também há um lado negativo, já que o estudo indica que esses indivíduos tendem a optar por soluções antiéticas em determinadas situações para conquistar o que desejam.