Segundo estudo, comer fast-food e evitar frutas faz mulheres terem mais dificuldade para engravidar

Reprodução/Pixabay PublicDomainPictures

Se você quer ter filhos mas não abre mão de comer besteiras, é bom repensar sua alimentação. Um estudo feito pela Sociedade Europeia de Reprodução Humana e Embriologia descobriu que mulheres que comem muito fast-food e poucas frutas levam mais tempo para conseguir engravidar.

Leia mais: Segundo estudo, comer fritura durante a gravidez pode estimular a inteligência do bebê

Os pesquisadores analisaram o impacto da dieta na infertilidade e revelaram que mulheres que consomem menos frutas aumentam o risco de não gerar um bebê de 8% para 12%. No caso do fast-food, esse número é ainda maior, passando de 8% para 16%.

Ao todo, foram analisadas 5.598 mulheres do Reino Unido, Irlanda, Nova Zelândia e Austrália e aquelas que comiam frutas de uma a três vezes no período de um mês demoram mais para engravida do que as que ingeriram três ou mais ao dia no mesmo período.

Entre os alimentos considerados fast-food estão pizza, hambúrguer, batata e frango frito de lanchonetes ou deliveries. Esses mesmos alimentos comprados em supermercados não foram considerados.

Leia mais: Filhos de mães vegetarianas têm maior tendência a serem viciados em drogas, diz estudo

“Esses resultados mostram que ter uma dieta de boa qualidade, que inclui frutas e minimiza o consumo de fast-food, melhora a fertilidade e reduz o tempo para conseguir engravidar”, disse Claire Roberts,que lidera o estudo.