Segundo cientistas, vegetarianos são menos saudáveis e possuem menor qualidade de vida

Reprodução/Pixabay PublicDomainPictures

Um novo estudo está causando polêmica ao afirmar que vegetarianos são menos saudáveis do que aqueles que consomem carne – apesar de beberem e fumarem menos e serem mais ativos fisicamente.

Leia mais: ‘Thor Vegano’ é a prova de que não é preciso comer carne para ganhar músculos

Realizada pela Universidade Médica de Graz, na Áustria, a pesquisa descobriu que uma dieta vegetariana, que consiste no baixo consumo de gorduras saturadas e colesterol e maior ingestão de frutas, vegetais e grãos, pode aumentar o risco de câncer, alergias e problemas de saúde mental, como depressão e ansiedade.

O estudo usou dados do serviço de saúde pública da Áustria para observar os hábitos alimentares e diferenças de estilo de vida entre os consumidores de carne e os vegetarianos. Os pesquisadores chegaram a conclusão que os vegetarianos tendem a consumir menos álcool e apresentam índice de massa corporal mais baixo, mas ainda sim demonstraram um quadro fraco de saúde física e mental.

Leia mais: Comer rápido nos faz engordar mais, diz estudo

“Nosso estudo mostrou que os adultos austríacos que consomem uma dieta vegetariana são menos saudáveis (em termos de câncer, alergias e distúrbios de saúde mental), têm menor qualidade de vida e também necessitam de mais tratamento médico”, afirmaram os autores.

Os pesquisadores defenderam o estudo contra criticas que afirmam que o único objetivo é promover a indústria da carne. “Nós já nos distanciamos desta afirmação, pois é uma interpretação incorreta de nossos dados”, disse a coordenadora do estudo, Nathalie Burkert, ao The Austrian Times.