Segundo Bacci, viúva de Gugu questiona estrutura de casa nos EUA

Gabriela Marçal
Divulgação

Gugu Liberato, que morreu nesta sexta, 22, nos Estados Unidos, recebeu destaque na televisão brasileira deste domingo, 24. Além da homenagem no Domingo Legal, no SBT, o apresentador é tema de um tributo na programação da Record TV. No Domingo Show, Geraldo Luís conversou com o colega de emissora Luiz Bacci sobre a morte do apresentador.

Os apresentadores da Record TV conversaram sobre as circunstâncias do acidente doméstico que causou a morte. "O Gugu mal podia imaginar como é a construção do sótão nas casas americanas e isso é muito grave", disse Luiz Bacci. Geraldo Luís concorda e faz um alerta: " As construções do Brasil são muito diferentes das construções dos Estados Unidos, da construção da casa, do teto, do sótão".

Bacci relatou ter conversado por telefone com Rose Miriam di Matteo, viúva de Gugu. Segundo o apresentador do Cidade Alerta, a mulher, que está muito abalada, contou que no momento do acidente ela e os três filhos - João Augusto, de 18 anos, e as gêmeas Mariana e Sofia, de 15 anos - estavam em casa.

Luiz afirmou que o piso do sótão das casas americanas é feito de placas de gesso, chamadas de drywall, espuma e vigas de madeira. Segundo Bacci, profissionais que fazem reparos residenciais tem a prática de pisar apenas na parte de madeira, mas que Gugu, que não tinha essa informação, pisou na área de gesso e, por isso, caiu.

"Com o peso, toda a espuma e o drywall se abrem, mais ou menos um buraco de 50, 60 de largura e a esposa encontra ele caído no chão. Então, eu não consigo entender porque as casas lá são feitas dessa maneira, se o certo é lá ou aqui no Brasil. Eu ainda acredito que o cimento e o concreto são mais seguros", disse o apresentador.

"Bacci, eu só consigo lembrar do barulho. Foi uma coisa de instantes. Ele subiu e depois de uma hora para outra só se ouviu o barulho do Gugu caindo no chã. Como é que eles constroem um sótão dessa maneira? Como que a gente podia imaginar que uma casa grande em um país evoluído faz um sótão dessa maneira?", afirmou Luiz narrando o relato de Rose.

O apresentador também afirmou que a mulher foi a primeira a ver Gugu acidentado e que, por ser médica, fez os primeiros socorros. De acordo com o depoimento no Domingo Show, Rose e os filhos chegaram a pensar em levá-lo para o hospital de carro. "Bacci, depois eu parei, tentei ser mais racional do que usar a emoção daquela hora, e ligamos para o resgate que chegou em cinco minutos", teria dito a viúva.


Gugu Liberato morre aos 60 anos nos Estados Unidos

Gugu Liberato caiu, na quarta, 21, de uma altura de quatro metros enquanto fazia um reparo no ar-condicionado no sótão da casa onde mora, na Flórida. Ele foi resgatado e internado no Orlando Health Medical Center.

Os exames iniciais constataram sangramento intracraniano. "Em virtude da gravidade neurológica, não foi indicado qualquer procedimento cirúrgico. Durante o período de observação foi constatada a ausência de atividade cerebral", observa o texto.

A morte encefálica foi confirmada por Guilherme Lepski, neurocirurgião brasileiro chamado pela família, que após ver as imagens dos exames em detalhes, confirmou a irreversibilidade do quadro clínico diante da mãe do apresentador Maria do Céu, dos irmãos Amandio Augusto e Aparecida Liberato, e da mãe de seus filhos, Rose Miriam Di Matteo.

Veja fotos de Gugu Liberato


Filhos de Gugu prestam homenagem ao pai

O filho mais velho de Gugu Liberato prestou uma homenagem ao apresentador neste sábado, 23, em seu Instagram. João Augusto Liberato publicou em sua rede social uma série de fotos com o pai e escreveu uma declaração.

"Meu pai foi uma pessoa abençoada, era meu herói e inspirador. Ele tinha um coração muito puro, ajudava pessoas, e sempre fazia questão de manter a família unida. Tenho certeza que ele estará sempre conosco e em nossos corações. Agradeço por todas orações e suporte. Descanse em paz nos braços de Deus papai, te amo infinitamente", disse o jovem de 18 anos de idade.

As gêmeas Sofia e Marina, de 15 anos, agradeceram o carinho que estão recebendo do público e escreveram sobre Gugu.



Atendendo vontade de Gugu Liberato, família autorizou doação de órgãos

A família de Gugu Liberato informou que autorizou a doação de órgãos "atendendo uma vontade dele". "Gugu sempre refletiu sobre os verdadeiros valores da vida e o quão frágil ela se revela", diz o comunicado assinado pela família e enviado para a imprensa nesta sexta, 22.

Neste sábado, 23, a assessoria de imprensa do apresentador divulgou nova nota em que ressalta que "todos os órgãos do apresentador foram doados. Segundo informações da equipe médica responsável, essa doação poderá beneficiar até 50 pessoas".

Corpo de Gugu Liberato deve chegar até quinta, 28, a São Paulo

O corpo do apresentador deve chegar no Brasil até a próxima quinta, 28, de acordo com informações da assessoria de imprensa do apresentador. O velório será na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), mas a data ainda não foi confirmada.

A ideia da família, segundo a assessoria, é abrir o velório ao público que tanto apoiou Gugu durante sua carreira na TV. O sepultamento ocorrerá no jazigo da família no Cemitério do Morumbi, em São Paulo.

O governador de São Paulo, João Doria, decretou luto oficial de 3 dias em todo o Estado.