Segunda Bola #7 - A nova regra dos técnicos do Brasileirão é boa?

Alexandre Praetzel, Jorge Nicola e André Carbone
·1 minuto de leitura
PORTO ALEGRE, BRAZIL - JANUARY 24: Abel Braga (L), head coach of Internacional, and Renato Portaluppi, head coach of Gremio, speak before the match as part of Brasileirao Series A 2020 at Beira Rio Stadium on January 24, 2021 in Porto Alegre, Brazil. (Photo by Silvio Avila/Getty Images)
Abel Braga e Renato Gaúcho antes de jogo do Brasileirão da temporada passada (Silvio Avila/Getty Images)

Hoje vamos falar da nova regra do Campeonato Brasileiro de 2021. Cada time só poderá ter dois técnicos ao longo da competição e, além disso, cada técnico só poderá treinar dois times diferentes. Caso queira demitir mais de dois técnicos, o clube vai ficar com a comissão técnica fixa do clube até o fim do torneio. 

A votação dos clubes foi super apertada: 11 a 9. A Série B também vai ser assim. Ali a votação, talvez também já influenciada pelo sim da Série A, foi 18 a 2. Só Vila Nova e Londrina foram contrários. Lembrando que são torneios diferentes, portanto o treinador pode treinar dois times da Série A e dois da Série B na mesma temporada se ele tiver esse pique e esse azar de demissões.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.