Sarah Fonseca recebe mensagens de apoio após proposta racista: "Me dão força"

Emily Santos
·4 minuto de leitura

Sarah Fonseca, que fez parte do elenco de ‘De Férias com Ex’, da MTV, expôs no domingo (26) uma proposta de parceria racista que recebeu via e-mail. Na imagem publicada pela influenciadora, uma profissional que se apresenta como cirurgiã dentista especializada em harmonização orofacial diz ter analisado Sarah por suas fotos publicadas no Instagram e lhe oferece um tratamento facial.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter

O problema, no entanto, é que a profissional em questão diz que pode deixar a influenciadora “ainda mais bela” e recomenda uma alectomia, procedimento que reduz a largura do nariz e é considerado um refinamento da rinoplastia.

Na publicação que expôs a proposta racista, Sarah se mostrou indignada. “Como uma pessoa é capaz de me indicar o que posso ‘corrigir’ em mim? E se eu estiver satisfeita? E se realmente me incomodasse e ela sinalizasse ainda mais meu incômodo? Esse e-mail tá errado em tantos aspectos!”, escreveu a influenciadora.

Leia também

Freixo, Huck, Prioli, Ciro e mais defendem Felipe Neto após novos ataques nas redes

Negra Li sobre os surtos na quarentena: "Mães, não se sintam culpadas"

Filho de Emílio Surita reflete após revelação: “Todos somos bissexuais”

Em conversa com o Yahoo!, ela explica que o impacto foi grande ao ler o conteúdo do e-mail porque não esperava ter sido analisada com base em suas fotos na rede social. “Fiquei realmente chocada. Eu poderia até querer mexer em algo no meu rosto, mas isso teria que partir de mim e não de alguém me dizer o que é melhor pra mim”.

Mas mais que isso, Sarah, que diz ter uma boa autoestima, ressente a sugestão de que seu nariz fosse algo a ser corrigido. “Ficou nitidamente claro que a profissional acredita no padrão estético branco europeu e achou que seria ‘normal’ a abordagem. Provavelmente outras meninas não viram problema e aceitaram. Acho que isso faz parte do racismo estrutural, onde a pessoa vê um problema que não deveria ser problema”, explica a influenciadora.

E então ela resolveu expor o conteúdo do e-mail como um alerta. “Sei que outras pessoas têm autoestima muito baixa. Com certeza meu relato vai fazer as pessoas repensarem sobre um padrão que não existe, a autoaceitação negra com seus fenótipos e aos profissionais que trabalham com estética que não devem indicar correções no rosto ou corpo de ninguém, a mesmo que lhe seja pedido a opinião”, diz.

Críticas e apoio

Em resposta à publicação, Sarah recebeu muitas críticas, principalmente de pessoas brancas. “Elas não conseguem enxergar o problema em questão. Ainda é muito difícil para as pessoas saírem da sua própria bolha e terem empatia com o próximo. Ainda tem muita gente que não sabe o que é racismo e opina sem embasamento nenhum. Pior, ainda tem muito branco fiscal de racismo que acha que sabe mais que os negros e sempre veem qualquer acusação de nossa parte como vitimização ou mimimi”, desabafa.

“Já esperava essa reação de muitos, bem como quando posto meus vídeos sobre racismo, vai ter sempre alguém que não vive o racismo achando que sabe mais, que é loucura da nossa cabeça”.

Mas a influenciadora também recebeu muitas mensagens de apoio. “Foram geralmente de negros ou pessoas desconstruídas, o que me dá esperança de continuar na luta que é diária. As pessoas podem achar que eu não leio porque são muitas mensagens, mas eu leio tudo sim e elas me dão força sem nem imaginar como. Sou muito grata de verdade a essas pessoas que me abraçaram e entenderam a situação” afirma ela.

Impacto na autoestima

Atualmente, Sarah tem uma boa relação consigo mesma e uma boa autoestima, mas ela conta que nem sempre foi assim. “Já me senti muito mal na época de escola. Já me senti rejeitada em diversas situações na minha vida por ser negra, por não estar no padrão e etc. Hoje em dia, o e-mail não me afetou tanto, mas confesso que me olhei no espelho e me peguei pensando sobre”, revela.

Mas ela está bem consigo mesma e sabe que é importante ser sincera para conseguir ajudar as pessoas que a acompanha nas redes sociais. “Recebo diariamente mensagens de pessoas me agradecendo por inspirar em se amar como são. Eu gosto muito de dizer que estou bonita. Tenho um filtro com a frase ‘tô muito gata hoje’ e amo quando as pessoas se motivam com isso, acho realmente transformador poder melhor a autoestima de alguém”, finaliza Sarah.