Sapiossexual, bem posicionada, relação aberta: Bela Gil chega aos 35 anos

Bela é a sétima filha dos oito de Gilberto Gil. (Foto: MAURO PIMENTEL/AFP via Getty Images)
Bela é a sétima filha dos oito de Gilberto Gil. (Foto: MAURO PIMENTEL/AFP via Getty Images)

Bela Gil chega aos 35 anos mais livre do que nunca! A filha de Gilberto com Flora, empresária e diretora brasileira, amanheceu com mensagens carinhosas da família, fãs e amigos. O irmão José emocionou as redes: "Tem coisas que a gente sente que não tem significado, não tem nome. A Bela é tudo isso na minha vida… é uma magia, e eu posso senti-la de qualquer lugar".

Leia também:

Quem é quem na família Gil? Entenda a árvore genealógica do clã de artistas

As atrizes Maria Ribeiro e Regina Casé também se manifestaram: "Viva", disse Maria. Casé se declarou: "Receba esse abraço daqui, minha querida".

Bela é muito conhecida na mídia pelas suas práticas culinárias naturais. Apresentadora no canal GNT e vídeos para o Youtube, o nome de chef tem ganhado fama por outros temas: sua liberdade sexual e posicionamentos políticos.

Sapiossexual

No podcast "Mil e Uma Tretas", Bela revelou que é sapiossexual. O termo se refere àquelas pessoas que se sentem atraídas sexualmente apenas por quem é inteligente.

"Minha autoestima e esse senso de beleza estão muito relacionados ao intelecto. Eu sou sapiossexual, eu me atraio por pessoas inteligentes, não necessariamente bonitas. Então eu não acho que eu tenho que ser megabonita. Para que eu vou botar silicone, entendeu? Deixa eu ler um livro porque vai funcionar muito mais", disse.

Na época, depois de viralizar ao expor o assunto, a apresentadora acabou virando meme até entre a família.

"Foi engraçado. Virou assunto até na minha própria família. Criaram memes comigo. Por exemplo, 'agora eu sou real-sexual, a pessoa que gosta de homem rico brasileiro'... Era tanta coisa e eu: 'gente, chegou nesse nível?'. Eu achei super divertido, mas jamais foi a minha intenção criar uma polêmica", disse Bela ao Gshow.

Bela desfilando pela marca Naya Violeta no último dia do SPFW. (Foto: Marcelo Sá Barretto/Agnews)
Bela desfilando pela marca Naya Violeta no último dia do SPFW. (Foto: Marcelo Sá Barretto/Agnews)

Posicionada politicamente

Gil não esconde que política é uma esfera bem importante em sua vida. Tudo começa na alimentação, onde milita por uma comida melhor e mais saudável. "Sempre acreditei que cozinhar é um ato r(evolucionário) e de resistência. Porque normalmente quem cozinha resiste, principalmente, à indústria dos ultraprocessados, investe na saúde, fortalece a cultura e consequentemente melhora sua relação com o meio ambiente", escreveu em seu instagram dias antes do Segundo Turno das Eleições 2022.

Defensora dos direitos das mulheres, da liberdade sexual, do combate às desigualdades, entre outros, a chef foi, inclusive, nomeada pelo vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin (PSB), para compor a transição do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Bela também é vice-presidente do Instituto Brasil Orgânico (IBO) e professora convidada do programa de pós-graduação online da PUC-RS. A profissional tem mais de 430 mil exemplares vendidos no Brasil e Portugal com "Bela cozinha – As receitas" (2014) e "Bela cozinha 2" (2015).

*Com informações do Estadão.

Relacionamento aberto

Bela Gil é mãe de dois filhos e vive um casamento aberto com o marido, JP Demasi. Ela disse que ele tem o aval para procurar por sexo fora do matrimônio:

"Essa visão colonialista e limitada dos monopólios, monoculturas, monoteísmos e monogamias muitas vezes, porém nem sempre, se desdobra em violência contra a terra (desmatamento), contra a mulher (feminicídio), contra religiões (intolerância religiosa) e contra os pequenos (falência). Então aproveitando o dia de São Valentim, feliz de somar a vida com você, meu amor. Seguimos há 18 anos juntos e livres para amar", disse em uma publicação no Instagram em fevereiro de 2022.

O Yahoo já falou sobre os vários tipos de sexualidades, como assexuais, demissexuais e outras. Leia o texto!