São Paulo: Russomanno perde seis pontos e vê Covas abrir distância, segundo Paraná Pesquisas

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
Pesquisa Ibope mostra Covas e Russomanno na liderança pela corrida eleitoral em São Paulo. (Fotos: Cleia Viana/Câmara dos Deputados e Rodrigo Paiva/Getty Images)
Levantamento do Paraná Pesquisas mostra Covas à frente de Russomanno na corrida eleitoral em São Paulo. (Fotos: Cleia Viana/Câmara dos Deputados e Rodrigo Paiva/Getty Images)

O prefeito de São Paulo e candidato à reeleição, Bruno Covas (PSDB), aparece à frente nas intenções de voto, de acordo com o levantamento do Instituto Paraná Pesquisas, divulgada nesta terça-feira (3). O tucano tem 25,6%, enquanto seu principal adversário, Celso Russomanno (Republicanos), tem 19,5%.

Covas e Russomanno estão empatados quase no limite da margem de erro de três pontos percentuais. Na pesquisa anterior, Covas estava em segundo lugar com 21,5%, enquanto Russomanno liderava as intenções de voto com 25,6%.

A perda de seis pontos percentuais por Russomanno reflete no pelotão que vem logo atrás: quase todos oscilaram positivamente.

Leia também

Guilherme Boulos (PSOL) tem 13,4% das intenções de voto (tinha 8,2%), Márcio França (PSB) tem 10% (tinha 8,3%), Jilmar Tatto (PT) tem 5% (tinha 2,6%) e Arthur do Val (Patriota) tem 4,2% (tinha 2,3%).

Na sequência, aparecem Joice Hasselmann (PSL), que foi de 1,3% para 2,4%, e Andrea Matarazzo (que foi de 2,6% para 2,1%). Os candidatos Levi Fidelix (PRTB), Marina Helou (Rede), Orlando Silva (PCdoB), Antonio Carlos (PCO) e Vera Lúcia (PSTU) não atingiram 1%.

A pesquisa ouviu 1 mil eleitores por telefone, entre os dias 29 de outubro e 1º de novembro, e foi registrada na Justiça Eleitoral sob o nº SP-09440/2020.