Em mais uma tentativa de aumentar isolamento social, Alesp aprova feriado no estado de São Paulo na próxima segunda-feira (25)

Foto: AP Photo/Andre Penner

A Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) aprovou um projeto de lei que antecipa o feriado de 9 de julho (Revolução Constitucionalista) para a próxima segunda-feira (25). A ação é mais uma do governo de João Doria (PSDB) na tentativa de ampliar a taxa de isolamento social no Estado, que é o epicentro da pandemia do novo coronavírus no país, registrando mais mortos (5.558) e mais casos confirmados (73.739).

Ainda faltam as emendas do projeto, que devem ser votadas em sessão extraordinária convocada para a manhã desta sexta-feira (22).

Leia também

Após o aval da Alesp, a capital paulista terá um um “megaferiado” de seis dias, já que o prefeito Bruno Covas (PSDB) antecipou feriados também, iniciando a medida na última quarta-feira (20).

O projeto tramitou com urgência, sendo votado dois dias depois de ser apresentado por Doria. O debate na Alesp foi acirrado e teve defesas e críticas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que é publicamente contrário ao endurecimento do isolamento social para frear a Covid-19.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

São Paulo tem apresentado uma taxa de isolamento social que gira em torno de 50%, abaixo dos 70% que são projetados como ideais pelo Centro de Contingência do Coronavírus que trabalha com o governo e a prefeitura do Estado.

Feriados antecipados

Em São Paulo foram antecipados os feriados de Corpus Christi (que seria celebrado no dia 11 de junho) e da Consciência Negra (20 de novembro). A Alesp aprovou a antecipação do feriado da Revolução Constitucionalista (9 de julho) para a próxima segunda (25), e o texto deve ser sancionado pelo governador João Doria.

O rodízio de veículos na capital paulista está liberado nesta sexta-feira (22) e na segunda-feira (25). Assim, veículos com placa final 5 (cinco), 6 (seis), 7 (sete), 8 (oito), 9 (nove) e 0 (zero) poderão circular sem restrição pela cidade.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.