Sammy Lee lança música sobre festa em que Pyong foi acusado de assédio

*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 16.10.2019 - O Youtuber Pyong Lee. (Foto: Cesar Conventi/Fotoarena/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Sammy Lee lançou nesta quinta-feira (12) a música "Jogo do Desejo", em que fala sobre o que sentiu ao ver o comportamento do seu marido, Pyong, em uma festa no Big Brother Brasil 20. Na ocasião, o youtuber foi acusado de assediar as colegas de confinamento.

A letra da canção tem trechos sobre erros, mas também sobre evitar julgamentos. "Demorei pra entender, mas entendi quando encontrei você. Um cara tão legal, fora do normal Se até você erra, quem sou eu pra falar mal?", diz a música, logo no seu início.

Na sexta-feira (6), em foto publicada no Stories do Instagram, Sammy chegou a criou uma enquete, para perguntar aos seus 3,1 milhões se eles ouviriam uma canção que ela lançasse sobre o tema. A maioria das respostas foi positiva.

Na internet, fãs do programa pediram que a canção tocasse em uma das festas do BBB.

Recentemente, a mãe de Jake desmentiu que teria intenção de se separar do marido por conta dos acontecimentos controversos da festa. Ela trocou seu nome de usuária do Instagram, que passou de "SammyLee" para "SammyOfc", o que fez o público questionar se algo estava acontecendo no matrimônio.

Sammy esclareceu que a troca era um pedido antigo que sua assessoria havia feito à rede social e ela não tinha nem percebido que havia sido aprovado. "Estão pensando que vou me separar. Jamais, meu Deus do céu", disse ela em mensagem veiculada nos Stories.

Pyong foi muito criticado por entrar no programa com a mulher grávida de oito meses. Jack, filho do casal, nasceu no dia 16 de fevereiro, com o pai confinado no BBB.

RELEMBRE

Na festa Guerra e Paz, em fevereiro, Pyong exagerou na bebida e tentou beijar Marcela, que o repreendeu. "Amanhã a gente vai conversar", disse a ginecologista. Não satisfeito, ele tentou ficar com a sister novamente, enquanto ela estava distraída se servindo de bebida. "Pyong, para! Tá doido? O que é isso?", disse ela, inconformada.

Mas as atitudes controversas do participante durante a festa não pararam por aí. Em seguida, ele foi dançar com Flay e passou a mão no bumbum da sister. Fora da casa, muitos fãs do programa acusaram o participante de assédio. "Escroto" e "cancelado" foram palavras que acompanharam muitas das críticas ao hipnólogo nas redes sociais.

Após ser eliminada, a influenciadora Bianca Andrade declarou sua torcida pela saída do hipnólogo. Ela fez um post em suas redes sociais, logo após o programa, e chegou a afirmar que ele assediou colegas de confinamento.

"Eu fiz merda, fiz. Mas o Pyong também fez. No mesmo dia em que eu estava bêbada, louca, Pyong também estava louco e fez um monte de coisa. Se ele não sair, aí eu realmente não vou conseguir entender. Até porque, pelo que eu vi, ele deu em cima de mim, da Marcela e da Flay, alguém me corrija se eu estiver errada".