Saiba quem são os artistas que estão ajudando manifestantes antirracistas nos EUA

Blake Lively e Ryan Reynolds (Photo by Alberto E. Rodriguez/Getty Images)

O casal Blake Lively e Ryan Reynolds veio a público no Instagram, na noite deste domingo (31), anunciar uma ajuda de US$ 200 mil (R$ 1,06 milhão, na conversão atual) à organização Fundo de Defesa Legal da NAACP, que tem ajudado manifestantes presos durante os protestos antirracistas nos Estados Unidos.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

"Nunca tivemos que nos preocupar em preparar nossos filhos para diferentes regras da lei ou o que poderia acontecer se nosso carro for parado. Não sabemos como é viver essa vida dia após dia. Mal podemos imaginar sentir esse tipo de medo e raiva.Temos vergonha de, no passado, termos nos deixado ficar desinformados sobre o quão profundamente racista é o sistema", disse o casal.

Leia também

A publicação foi feita na conta de Blake. Ela continuou: "Estamos comprometidos em criar nossos filhos para que nunca cresçam alimentando esse padrão insano. É o mínimo que podemos fazer para honrar não apenas George Floyd, Ahmaud Arbery, Breonna Taylor e Eric Garner, mas todos os homens e mulheres negros que foram mortos quando a câmera não estava ligada", continuou.

Os protestos se iniciaram em grandes cidades dos Estados Unidos, como Minneapolis, Los Angeles, Nova York e Atlanta, após o assassinato de George Floyd. Em vídeo divulgado nas redes sociais, o policial branco Derek Chauvin aparece apoiado no pescoço de Floyd, enquanto a vítima, um homem preto, pedia socorro, repetidamente: "não consigo respirar". Chauvin foi preso, acusado de assassinato em terceiro grau (quando o responsável pela morte é acusado de agir de forma imprudente) e homicídio culposo (quando não há intenção de matar).

De acordo com o Hollywood Reporter, outros astros têm ajudado os manifestantes antirracistas. Seth Rogen (É o Fim), Ben Schwartz (Sonic, Parks & Recreation), Steve Carell (The Office), além dos diretores Josh e Benny Safdie (Jóias Brutas e Bom Comportamento), fizeram pequenas doações ao Minnesota Freedom Fund, “um fundo não-governamental para auxiliar pessoas de baixa renda a evitarem os perigos do encarceramento”.

Além deles, o cantor Harry Styles também anunciou em sua conta no Instagram que está ajudando os protestos. "Ser não racista não basta, devemos ser anti racistas... Estou doando para ajudar a pagar a fiança de organizadores presos", falou ele. Veja abaixo alguns artistas que participaram dos protestos nos Estados Unidos:

Ariana Grande

John Cusack

Kali Uchis

Jamie Foxx

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.