Saiba como chegar ao Rock in Rio de ônibus, metrô, carro ou Uber e aplicativos

*Arquivo* RIO DE JANEIRO, RJ, 06.09.2019 -Vista geral do público durante o Rock in Rio. (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)
*Arquivo* RIO DE JANEIRO, RJ, 06.09.2019 -Vista geral do público durante o Rock in Rio. (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Rock in Rio vai começar nesta sexta-feira (2), com shows de Justin Bieber, Guns n' Roses, Iron Maiden e Dua Lipa. O evento vai ocorrer na Cidade do Rock, apelido dado ao Parque Olímpico, que sediará o festival na zona oeste do Rio de Janeiro.

É comum que surja a dúvida de como chegar ao festival, já que parte do trajeto daquela região deve ficar congestionado durante os dias de show.

Veja, a seguir, dicas de como chegar ao Rock in Rio usando ônibus, metrô, carro ou Uber e outros aplicativos.

ÔNIBUS

O Rock Express, ônibus criado pelo próprio Rock in Rio, é a opção mais recomendada pelo festival. Com bilhetes para ida e volta vendidos a R$ 22, o transporte parte com o público dos terminais Jardim Oceânico, onde há conexão com o metrô, ou do Alvorada.

O destino é o terminal Olímpico. É de lá também que o ônibus leva as pessoas embora do evento de volta para o Jardim Oceânico ou para o Alvorada. O Rock Express vai funcionar todos os dias do festival, do meio-dia às 5h.

O ônibus é a melhor opção porque segue pela calha do BRT, o transporte coletivo carioca, o que permite fugir do trânsito complicado da região. Os ingressos são vendidos neste site e a compra pode ser feita com boleto bancário, Pix ou cartões de crédito.

Há também uma opção mais cara, chamada Primeira Classe, com entradas vendidas a R$ 125, também para ida e volta. O ônibus, que promete uma viagem mais confortável, parte de vários lugares da cidade.

METRÔ

A estação Jardim Oceânico, que é a mais próxima do festival e também de onde sai o ônibus Rock Express, vai aceitar a entrada e saída de passageiros durante 24 horas nos dias de evento. Já as outras estações de metrô estarão abertas fora do seu horário de funcionamento comum apenas para que as pessoas façam desembarque.

O jeito é ir à estação Jardim Oceânico e, de lá, pegar o Rock Express. Quem voltar durante a madrugada precisa checar se há uma linha com a qual possa ir direto para casa, sem precisar trocar de metrô.

O bilhete sai a R$ 6,50.

UBER E APLICATIVOS

O Riocentro, que fica a cerca de 1 km do Parque Olímpico, terá um ponto de embarque e desembarque para quem pegar Uber. A caminhada até o local do evento leva cerca de 20 minutos também. Não deve ser a opção mais prática, mas funciona.

CARRO

Não é a opção mais recomendada, já que as ruas nos arredores do Parque Olímpico estarão fechadas das 14h às 6h durante os dias de festival.

O jeito é buscar por estabelecimentos com estacionamentos, como grandes shoppings, que fiquem próximos ao local e funcionem durante o evento.