Sai cinza! Como as cores que você veste podem influenciar seu humor

·3 minuto de leitura
A psicologia mostra que as cores influenciam (Foto: Getty Images)
A psicologia mostra que as cores influenciam (Foto: Getty Images)

Por Robert Lucian

Talvez você já tenha se dado conta da aquarela que vem colorindo os looks no Instagram, nas raras saídas de casa e até no home office. Essa onda de cores não chegou por acaso: as cores têm a capacidade, comprovada pela psicologia de despertar sensações positivas em nós.

É claro que essa percepção é extremamente subjetiva mas os efeitos psicológicos das cores vêm sendo estudado desde o comecinho do século 19. Os significados que atribuímos a certas cores ajudam a explicar a catarse multicolorida que parece buscar no guarda-roupa algo que nos ajude a manter o ânimo nesses tempos pandêmicos que ainda não se sabe quanto vão durar.

Leia também

Vem com a gente descobrir o significado de algumas cores e explorar algumas referências de looks para substituir o moletom cinza e melhorar o astral.

Equilíbrio

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O azul é fortemente associado à paz de espírito e inspira harmonia e equilíbrio. Não é à toa que lidera o ranking de predileção das cores com cerca de 45% dos votos. O azul, em todos os tons, faz alusão direta ao céu e por isso favorece a sensação de liberdade, emocional e intelectual.

Esperança

Amarelo é a cor do otimismo. Desperta emoções relacionadas a esperança e, por ser muito associado a lembranças de dias ensolarados, estimula a disposição. Apesar de ser uma das cores menos comumente apontadas como favorita, o apreço pelo amarelo tende a aumentar ao longo da vida, justamente por conta de seus efeitos psicoemocionais.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Bem-estar

A cor mais abundante na natureza está relacionada ao bem estar e, assim como o azul, inspira paz e sossego. É também associada à prosperidade e à saúde. Em tons mais claros e suaves, favorece a sensação de frescor e remete à juventude, enquanto os tons mais intensos fazem referência à nobreza.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Ação

Mais quente dentre todas as cores, o vermelho nos faz acessar quase que imediatamente referências ligadas ao fogo e ao sangue. Em diversas culturas, está associado a esses e outros elementos existenciais. Por isso é uma cor estimulante, que desperta entusiasmo, favorecendo a ação e o dinamismo.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Intelecto

Frequentemente associado à ternura e ao romantismo, o rosa vai muito além da candura quando o assunto é despertar emoções. Formado por duas cores opostas em significado – o branco, que representa leveza, e o ardor do vermelho – o rosa estimula a inteligência, a força e o equilíbrio emocional.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Espontaneidade

Efusivo e encorajador, o laranja agrega os efeitos das duas cores que o compõem: o otimismo do amarelo e a frivolidade do vermelho. O resultado contribui para a agilidade mental e favorece a sociabilidade e a espontaneidade.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Melancolia e intuição

Os tons de violeta, do lilás ao roxo, são os menos citados quando se pergunta a cor preferida de alguém. E talvez o motivo sejam as conotações oposta que essa cor carrega. Historicamente, o violeta é um dos elementos mais utilizados para retratar a ostentação e a riqueza material. Por outro lado, é também a cor da espiritualidade e do metafísico. Os tons mais escuros, próximos do roxo, podem ter efeito emocional negativo, com tendência à melancolia, enquanto os tons de lilás estimulam a intuição e favorecem a meditação.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

E o famoso pretinho básico?

Segundo conceito físico, preto não é considerado cor, uma vez que se trata da ausência de luz. Porém, do ponto de vista da psicologia, o preto detém características únicas. Por um lado, a cor é a mais amplamente associada a sofisticação e elegância. Por outro, é fortemente relacionado à escuridão, ao desconhecido, à ausência e ao luto. Por isso, pode acentuar a introspecção e a melancolia em vez de despertar as sensações positivas induzidas pelas demais cores.

Bora diversificar no dia a dia?

Robert Lucian
Designer e produtor de moda

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos