Sabrina Sato relembra paixão antiga e dá dicas para superar ex: "Cachaça e uma sentada"

Sabrina Sato deu risada durante o "Saia Justa" ao relembrar seus relacionamentos antigos, e deu uma dica para superar paixões intensas.

"Eu já sofri de chorar, é uma droga. E como a gente sai? A melhor coisa é cachaça e outra sentada", riu a apresentadora, que confessou que sempre teve problemas para esquecer seus ex-namorados. Hoje casada com Duda Nagle, Sabrina afirmou que passou anos obcecada por seu relacionamento com Dhomini, que conheceu no "BBB3".

"É muito difícil curar paixão, devia ter uma droga pra isso. Até os meus 32, eu chorava muito, pelo Dhomini eu quase morri. Comprei passagem, fui embora atrás dele. Chorava por ele em todos os lugares", relembrou. Na época, Sabrina quase chegou a abandonar a carreira em São Paulo para se mudar para Goiânia, mas foi aconselhada por seu chefe no Pânico a não desistir de seu sucesso.

Musa do Carnaval

Após a maratona bem sucedida de Sabrina Sato no Carnaval, a atriz e apresentadora conversou com o "Fantástico" sobre os bastidores da correria. Sabrina foi rainha de bateria de duas escolas, uma em SP e outra no RJ, em desfiles com quatro horas de intervalo.

"Gente, é só dor no corpo, dor em tudo, dor no furico. Fiquei toda machucada, mas valeu a pena, foi uma noite emocionante demais", riu ela, que depois confessou nãoa creditar no termo que usou na entrevista.

"Cara, mandei um furico no Fantástico. Ai, gente", brincou.

Perrengue chique

Foi corrido, mas deu tudo certo: rainha de bateria da Gaviões da Fiel, de São Paulo, e da Vila Isabel, no Rio, Sabrina Sato organizou uma "operação de guerra" para desfilar pelas duas agremiações. A nova apresentadora do GNT enfrentou um atraso no desfile da escola paulistana, o que estreitou ainda mais o seu cronograma, mas chegou uma hora adiantada na Marquês de Sapucaí para representar a Vila Isabel.

“Foi tudo perfeito na Gaviões, pegamos o voo no horário. Ensaiamos o trajeto todo antes, além dos ensaios da Vila e da Gaviões. Nunca fui tão profissional na minha vida (risos). Tinha pouco tempo e não era uma possibilidade negar as duas escolas que me apoiaram desde o começo, quando não sabia nada de samba”, declarou Sabrina a caminho do segundo desfile da noite.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos