Rupert Murdoch lança canal de TV e exibe entrevista em que Trump critica Harry e Meghan

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
O canal TalkTV exibirá uma entrevista de Piers Morgan com Donald Trump (AFP/John W. Ferguson) (John W. Ferguson)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O magnata dos meios de comunicação Rupert Murdoch lançou nesta segunda-feira no Reino Unido o canal TalkTV, que exibirá uma entrevista onde o ex-presidente americano Donald Trump critica o príncipe Harry e sua mulher, Meghan.

O canal iniciou suas transmissões às 19h locais, com o jornalista Tom Newton Dunn o apresentando como "uma nova rede ousada". O canal deve transmitir uma entrevista com Trump comandada pelo célebre jornalista Piers Morgan para o programa "Uncensored".

Um vídeo promocional mostra o ex-presidente dos Estados Unidos irritado ao ser questionado sobre sua afirmação de que as eleições de 2020 foram "roubadas".

Em um comunicado, Trump afirmou depois que Morgan tentou "editar ilegal e enganosamente sua longa e tediosa entrevista". Mas o jornalista afirmou que "estará tudo lá" no momento da exibição.

O ex-presidente também fala durante a entrevista sobre o neto da rainha Elizabeth II e sua esposa, a atriz americana Meghan Markle, que moram na Califórnia desde que se afastaram da monarquia britânica em 2020.

De acordo com trechos publicados pelo jornal The Sun, que também pertence a Murdoch, Trump concordou com a afirmação de que o príncipe Harry, de 37 anos, é controlado por Meghan e disse que o casal acabaria se separando.

O TalkTV é transmitido pela TV convencional britânica e em plataformas de streaming, além do YouTube. Ele conta com um time de jornalistas do grupo News UK, de Murdoch, que inclui jornais como o "The Times" e "The Sun", e transmitirá em vídeo programas da TalkRadio, que também pertence ao empresário.

O grupo também lançou outra estação de rádio, a Times Radio, em junho de 2020, como alternativa à emissora de notícias e atualidades da BBC, a Radio 4. Os últimos dados mostraram que a audiência da Times Radio caiu 21% nos últimos dois trimestres de 2021.

O canal TalkTV enfrentará outro canal novato, o direitista GB News, cuja audiência se estabilizou em uma base reduzida após um início instável em junho de 2021.

Murdoch e seus editores têm a vantagem da proximidade com o governo conservador britânico, que ataca com cada vez mais virulência a BBC e o canal privado Channel 4.

O magnata nascido na Austrália não esconde a irritação com as leis de radiodifusão britânicas, que impedem o tipo de demagogia pró-Trump e direitista observado em seu canal Fox News nos Estados Unidos.

Porém, Morgan e algumas partes do império midiático de Murdoch, como o The Sun, encontraram um rico filão ao ficar ao lado do primeiro-ministro Boris Johnson nas críticas a movimentos denominados "woke".

jit-acc/mar/fp/lb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos