Roteiristas de Predador processam Disney para obter os direitos da franquia, estúdio processa de volta

·1 minuto de leitura

Os irmãos Jim e John Thomas, roteiristas responsáveis pelo clássico de ação Predador, estrelado por Arnold Schwarzenegger em 1987, estão processando a Disney para obter os direitos da franquia. A empresa os processou de volta.


Os Thomas baseiam o processo na lei de término dos direitos autorais que permite aos autores de uma obra cancelar sua transferência para outro dono após 35 anos de contrato. Segundo o documento, os direitos da Disney, que adquiriu a antiga dona - a então chamada 20th Century Fox - acabam neste sábado (17).


Segundo os irmãos, eles enviaram uma nota de término em 2016 e até então não receberam resposta. Em janeiro deste ano, a Disney afirmou que o roteiro e os direitos de Predador se encaixam numa janela mais tardia de terminação normalmente aplicava à publicação de livros. O estúdio não aceitou e por isso está sendo processado.


Atualmente, a 20th Century Studios - novo nome da Fox - mantém os direitos da franquia. Especula-se que Dan Tratchenberg (Rua Cloverfield, 10) irá dirigir o próximo filme da saga, caso o processo não afete os direitos.