Rollings Stones homenageiam baterista Charlie Watts, falecido ontem

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Mick Jagger (E), Ronnie Wood (2º à esq.) e Keith Richards (3º à esq.) homenageiam Charlie Watts (à dir.), falecido aos 80 anos
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Os três membros restantes dos Rolling Stones prestaram uma homenagem, nesta quarta-feira (25) ao baterista de sua lendária banda de rock, Charlie Watts, falecido ontem, aos 80 anos.

A morte de Charlie Watts foi anunciada por seu agente na terça-feira (24), gerando inúmeras mensagens de condolências de estrelas da música do mundo todo.

Em um primeiro momento, os membros da banda permaneceram em silêncio.

Nesta quarta, o guitarrista Ronnie Wood, de 74 anos, publicou no Twitter uma foto sua com Charlie Watts. Expressou seu amor pelo músico e lembrou que ele nasceu sob o signo de Gêmeos, como o amigo.

"Sentirei muito sua falta. Você é o melhor", afirmou.

O cantor Mick Jagger, de 78, publicou uma foto de Charlie Watts sorrindo sentado em frente à bateria, enquanto Keith Richards, de 77, divulgou uma foto do instrumento no palco, com um cartaz que dizia "fechado".

As estrelas britânicas Elton John e Paul McCartney também homenagearam o lendário baterista. Em um vídeo, McCartney disse que sua morte é um "golpe" para os Rolling Stones, porque "Charlie era uma rocha".

Recentemente, Watts havia anunciado que perderia a retomada da turnê dos Rolling Stones pelos Estados Unidos no mês que vem, após passar por uma operação médica, sem mais detalhes.

No comunicado divulgado ontem, seu agente, Bernard Doherty, anunciou que o baterista "morreu em paz em um hospital de Londres, no início da manhã, cercado por sua família".

Watts, que completou 80 anos em junho, era membro dos Rolling Stones desde 1963.

am-acc/mb/tt

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos