Rodrigo Santoro fala sobre papel desafiador em filme sobre tráfico de pessoas

·1 min de leitura
Rodrigo Santoro credit:Bang Showbiz
Rodrigo Santoro credit:Bang Showbiz

Rodrigo Santoro falou sobre a sua preparação para interpretar um vilão no filme '7 Prisioneiros', da Netflix.

O galã dará vida a Luca, um chefe de ferro velho que contrata jovens com promessas de uma vida melhor, mas os torna vítimas de um trabalho análogo à escravidão.

"Foi difícil, no começo foi difícil, o Luca me provocava muita repulsa desde o momento em que eu li o roteiro. Porque o Luca, o Mateus e os outros personagens ali, são personagens que estão aí, na esquina, eles existem mesmo. E pensar que isso existe já é muito dolorido", contou Rodrigo em entrevista exclusiva ao portal 'Terra’.

Elogiada nos prestigiosos festivais de cinema internacionais, a produção da Netflix retrata o cenário da escravidão, o que infelizmente é realidade em muitos lugares.

Rodrigo não "passa pano" para as ações de seu personagem.

"O Luca não busca uma redenção, nada justifica o que ele faz, mas ao mesmo tempo ele é também um produto do abrigo social, do sistema que exclui. Foi um processo muito dolorido dar vida pra ele", afirmou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos