Rodeados por fãs e trocando abraços, participantes do 'BBB' causam preocupação antes de reencontro

Confinados em um hotel no Rio de Janeiro para a final do 'BBB21', os ex-brothers estão causando preocupação ao ignorarem as regras de isolamento social durante o pior momento da pandemia da Covid-19. O Brasil já acumula mais de 400 mil mortes, com média móvel de 2735 mortes diárias.

Os brothers deixaram claro que foram testados antes do confinamento no hotel, mas antes de começar a hospedagem estavam em trânsito para gravações e não deixaram de se encontrar com suas equipes, fãs e funcionários dos locais pelos quais passaram.

Leia também:

De acordo com informações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial de Saúde (OMS), o vírus da Covid-19 só pode ser detectado em testes PT-PCR entre o 3º dia até o 7º dia de manifestação de sintomas. Amostras coletadas antes ou depois dessa janela podem resultar em falsos negativos, embora a pessoa infectada possa continuar transmitindo o vírus. Em casos assintomáticos, o risco é maior, já que a janela é ainda mais difícil de ser confirmada. Caso os brothers tenham contraído o vírus um dia antes de fazerem o teste, por exemplo, ele não seria mostrado no exame mas a pessoa já estaria transmissível.

Rodolffo, Caio, Arthur, Sarah e Projota fizeram vários vídeos mostrando que estão se visitando em seus quartos no hotel, sem uso de máscaras e distanciamento social. Os brothers, por estarem viajando para gravações, também acabaram entrando em contato com fãs nesses percursos, e vários ex-confinados chegaram a sair do hotel durante a noite para encontrar aglomerações de fãs que estavam em frente ao local.

O reencontro dos participantes do 'BBB 21' acontecerá nesta quarta-feira (4). Antes que ficássemos na ansiedade, a Globo avisou que tudo será gravado. O programa foi batizado de 'BBB Dia 101' e acontecerá dentro da casa mais vigiada do Brasil. Tudo que rolar por lá vai ao ar no sábado (8), com apresentação de Tiago Leifert.