Roberto Justus quebra silêncio e detona atos antidemocráticos em Brasília

Roberto Justus © Instagram credit:Bang Showbiz
Roberto Justus © Instagram credit:Bang Showbiz

Roberto Justus fez uma crítica aos atos antidemocráticos em Brasília.

O empresário de 67 anos, - que declarou seu voto em Jair Bolsonaro (PL) na última eleição presidencial - recorreu às redes sociais para se posicionar após manifestantes depredarem os prédios dos Três Poderes, em Brasília, no último fim de semana.

‘’(...) Muitos sabem que eu fiquei triste com a volta da esquerda ao poder no Brasil depois de tudo que fizeram nos anos em que estiveram no governo. Mas depois das eleições eu que sou patriota e democrata, aceitei o resultado e passei a torcer para que dessa vez fizessem algo diferente para o bem do Brasil e da população’’, começou ele.

Justus citou o ex-presidente da República e descreveu como ‘inaceitável’ as cenas de violência ocorridas no último domingo (8), e detonou a atitude imposta pelos envolvidos nas depredações.

‘’O que esperava do ex-Presidente Bolsonaro é que como estadista aceitasse a situação e utilizasse o patrimônio de 58 milhões de votos para fazer uma firme oposição e de forma democrática. (...) Porém, o que vimos no domingo em Brasília foi um inaceitável e absurdo ato de violência e vandalismo contra a nossa democracia’’, escreveu o empresário em outros trechos.

‘’A ignorância desse movimento anti democrático foi a meu ver um grande trunfo para a esquerda que falava a respeito desse posicionamento agressivo que sempre pautou o comportamento de muitos seguidores do Ex-Presidente, de alguns no entorno dele e muitas vezes dele próprio (...)’’, acrescentou.