Rivais históricos, Irã e EUA voltam a se enfrentar em uma Copa do Mundo após 24 anos

EUA e Irã se encontraram na Copa do Mundo de 1998 (Foto: AFP)


Estados Unidos e Irã entram em campo na próxima terça-feira pela terceira rodada do Grupo B e valendo vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo. Esse será o segundo encontro entre as equipes em um Mundial. A última vez que isso aconteceu foi na França, em 1998.

O duelo no fim da década de 90 foi cercado de muita tensão devido ao histórico fora de campo entre os dois países. Externamente, recebeu o tratamento de segurança máxima. No entanto, as duas equipes trouxeram mensagens pacíficas antes da partida que ficou conhecida como o "jogo da paz".

O ato se iniciou com a entrada em campo dos times no estádio de Gerland, casa do Lyon, na França. Os atletas da seleção do Irã distribuíram flores aos jogadores americanos. Além disso, os 22 atletas posaram juntos para a fotografia oficial. A cena, histórica, protagonizou um dos breves momentos de trégua entre as nações.

Na época, outra situação também quebrou o protocolo. Quem conta é o Mehrdad Masoudi. Em entrevista à "Four Four Two" em 2014, o iraniano que trabalhou para a Fifa naquele duelo, revelou um pouco dos bastidores daquele dia.

- Um dos primeiros problemas era que o Irã era o time B e os Estados Unidos eram o time A na ordem do jogo. Segundo o regulamento da Fifa, o time B é quem caminha na direção do time A para os cumprimentos, mas o supremo líder Ali Khamenei (do Irã) deu ordens expressas para os iranianos não caminharem na direção dos americanos - contou.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Dentro de campo, o Irã foi quem levou a melhor. A equipe do Oriente Médio abriu o placar faltando cinco minutos para o término do primeiro tempo, de cabeça, com Hamid Estili.

Na reta final do segundo tempo, aos 39 minutos, Mehdi Mahdavikia recebeu em velocidade, entrou na área e tocou na saída do goleiro para aumentar. Os EUA descontaram com gol de peixinho de McBride, faltando dois minutos para o fim.

No Qatar, Irã e Estados Unidos entram em campo na próxima terça-feira, no estádio Al Thumama, em Doha. O duelo decisivo acontece às 16h (de Brasília). Os iranianos estão em segundo no Grupo B, com três pontos. Com um ponto a menos, e em terceiro, está a seleção norte-americana.