Rio de Janeiro descarta única suspeita de coronavírus

Getty Images

A Secretaria estadual de Saúde informou que foi descartado na noite desta quarta-feira o único caso suspeito de coronavírus no Rio de Janeiro. Não foi divulgado, no entanto, o local onde o paciente estava internado e nem para qual local da China teria viajado.

De acordo com o último levantamento divulgado pelo Ministério da Saúde, eram nove casos suspeitos de coronavírus sendo monitorados. Os pacientes são do Rio de Janeiro, três de São Paulo, dois em Santa Catarina e Minas Gerais, Paraná e Ceará, cada um com um caso.

Leia também

O Ministério da Saúde informou que todos os pacientes apresentaram sintomas que se enquadram na definição atual da Organização Mundial da Saúde (OMS), como febre e pelo menos um sinal respiratório, e estiveram na China nos últimos 14 dias, onde a contaminação começou. Ao todo, o Ministério recebeu 33 notificações, mas somente nove foram confirmadas como suspeitas de coronavírus.

Suspeita no interior de São Paulo

Na tarde da quarta (29), a Secretaria de Saúde de São José dos Campos, no interior de São Paulo, notificou um caso suspeito. A paciente é uma mulher de 51 que procurou o atendimento com sintomas da doença em um hospital particular. Ao ser atendida, foi imediatamente isolada.

Como o caso foi informado após as 16h (Brasília), ele não entrou no balanço diário de casos suspeitos divulgado pelo Ministério da Saúde.

A paciente relatou que seu marido esteve em viagem à China, a trabalho, por 30 dias, em dezembro. Ele teria apresentado sintomas de gripe ao retornar para o Brasil. Só depois ela também passou a apresentar sintomas.

O marido trabalha, neste momento, em Minas Gerais, sem apresentar sintomas de gripe.

Com AGÊNCIA O GLOBO