Rihanna posa de topless e é acusada de apropriação cultural; entenda

Amanda Caroline
·1 minuto de leitura
A cantora e empresária usou colar com pingente do deus hindu Ganesha, o que gerou revolta na comunidade indiana (Foto: Reprodução/Instagram @badgalriri)
A cantora e empresária usou colar com pingente do deus hindu Ganesha, o que gerou revolta na comunidade indiana (Foto: Reprodução/Instagram @badgalriri)

Rihanna posou de topless para divulgar o próximo lançamento de sua marca de lingerie, SAVAGE X FENTY, mas a repercussão do clique que a cantora e empresária publicou nas redes sociais não ficou por conta do minishort lilás ou da pose sensual. Os seguidores da artista focaram nos acessórios e perceberam que ela usou um colar com pingente do deus hindu Ganesha.

Na foto, ela cobre os seios com o braço e a imagem da divindade se destaca na altura barriga. Por isso, Rihanna foi acusada de apropriação cultural nos comentários do post em seu perfil pessoal e no perfil da grife de roupa íntima. "Rihanna, usar uma divindade indiana não é moda, não é tendência. É preciso respeitar as comunidades indianas", aponta uma internauta.

Leia também

"Minha religião não faz parte da sua estética", critica outra seguidora. "Usar a imagem de Ganesha enquanto você está seminua é, no mínimo, desrespeitoso", diz outro comentário. "Nada mais impressionante do que a apropriação com Ganesha em seu corpo. Nossos ídolos não são acessórios para suas sessões de fotos", dispara outro recado.

Apesar das críticas, Rihanna e sua marca não se pronunciaram sobre o assunto e mantiveram as publicações no ar. Recentemente, Adele foi acusada de apropriação cultural por celebrar o Carnaval de Notting Hill, na Inglaterra, com um biquíni com a estampa da bandeira jamaicana e penteado afro.

Confira a publicação:

Veja mais: Samara Felippo reflete sobre casamento e relacionamento aberto