Rihanna é nomeada heroína nacional de Barbados em cerimônia que oficializa a república no país

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
*ARQUIVO* RIO DE JANEIRO, RJ, BRASIL, 26.09.2015:  - Show da cantora Rihanna no penúltimo dia do Rock in Rio, no palco Mundo, na Cidade do Rock, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio de Janeiro (RJ) (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)
*ARQUIVO* RIO DE JANEIRO, RJ, BRASIL, 26.09.2015: - Show da cantora Rihanna no penúltimo dia do Rock in Rio, no palco Mundo, na Cidade do Rock, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio de Janeiro (RJ) (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) A cantora e empresária Rihanna, 33, foi nomeada heroína nacional de Barbados durante uma cerimônia, nesta segunda-feira (29), que oficializou o rompimento da ilha do Caribe com a coroa britânica após cerca de 400 anos.

Ela recebeu o título da primeira-ministra da agora república, Mia Mottley. "Em nome de uma nação grata, mas um povo ainda mais orgulhoso, apresentamos a você, o designado, como herói nacional de Barbados, a embaixadora Robyn Rihanna Fenty", começou.

Motley ainda fez uma referência ao sucesso "Diamonds" (2012) em seu discurso. "Que você continue a brilhar como um diamante e honrar sua nação por meio de seus trabalhos, de suas ações", completou a primeira-ministra.

Rihanna nasceu em Saint Michael, em Barbados, e, antes de se mudar para os Estados Unidos, cresceu na cidade de Bridgetown. O evento foi realizado também em Bridgetown e oficializou Barbados como uma república.

Barbados era independente do Reino Unido desde 1966, mas apenas nesta segunda oficializou a transição de monarquia para o governo republicano, fazendo com que a Rainha Elizabeth 2ª deixasse a posição de chefe de Estado da ilha.

Segundo informações da AFP, agora a república será governada por Sandra Mason, governadora-geral do país, após sua eleição no dia 21 de outubro. "Eu, Sandra Prunella Mason, juro ser fiel e manter verdadeira lealdade a Barbados de acordo com a lei, com a ajuda de Deus", declarou a nova presidente em seu juramento.

Apesar disso, Barbados continua sendo membro da organização Commonwealth, como observou o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, em um comunicado. "Seguiremos amigos e aliados incondicionais, aproveitando as afinidades e conexões duradouras entre nossos povos e o vínculo especial da Commonwealth", escreveu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos