Ricky Martin nega ter feito procedimento estético no rosto

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ricky Martin, 49, publicou uma série de vídeos no Instagram Stories para negar que tenha feito procedimentos estéticos faciais, como suspeitaram e questionaram alguns internautas.

"Vocês estão muito preocupados porque supostamente fiz alguma coisa no rosto e eu não mexo na cara. Juro", disse o cantor na tarde desta sexta-feira (1º).

O artista exibiu as linhas de expressão nas imagens argumentando que se tivesse colocado "botox ou preenchimento facial diria, por não ter nada a esconder". Martin contou que no dia da entrevista em que compareceu para divulgar a turnê com Enrique Iglesias consumiu um produto que fez sua pele inchar.

"Nesse dia da entrevista o que fiz de diferente foi tomar um soro de multivitaminas e acho que tive uma reação rara na minha pele em que simplesmente fiquei inchado. Mas fora isso foi um dia normal, não quis cancelar o compromisso por causa disso. Mas está tudo bem, insisto, minha vida está normal, estou muito saudável, os shows continuam com tudo e seguimos trabalhando", finalizou o artista.

Marcos Mion, 42, estava entre os internautas perplexos com a aparência do porto-riquenho. "Meu Deus... acabei de ver uma foto do Ricky Martin com (des)harmonização facial ... que triste. Um dos homens mais bonitos de todos os tempos...as pessoas precisam aprender a simplesmente envelhecer e entender que isso é lindo. Faz parte do nosso processo e ponto final", escreveu o apresentador também na sexta-feira.

Em junho, Martin, contou que não entende os motivos para sua carreira de ator não ter decolado após ele ter sido indicado ao Emmy por "American Crime Story: The Assassination of Gianni Versace" (2018). Ele acredita que possa ter a ver com o fato de ele ser gay.

O cantor, que há 25 anos fez parte do elenco de "General Hospital", também participou de "Glee". No teatro, estrelou musicais como "Evita" e "Os Miseráveis" na Broadway.

"Eu amo atuar", afirmou o cantor em entrevista à revista People. "Estou esperando por esses roteiros, por esses ótimos roteiros. Posso interpretar gays, posso interpretar héteros, posso interpretar um serial killer... Posso interpretar um latino, mas também posso interpretar um europeu. Estou pronto. Basta dar para mim, cara. Deem [papéis] para mim."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos