Rick and Morty: Após acusações de violência doméstica, co-criador é demitido da animação

Após as denúncias de violência doméstica, Justin Roiland, co-criador de Rick and Morty, foi desligado da animação.

A confirmação veio por meio das redes sociais oficiais da série e do Adult Swim, emissora original do programa. O curto texto diz: "O Adult Swim terminou sua parceria com Justin Roiland. Rick and Morty continuará. A equipe talentosa e dedicada está trabalhando duro na sétima temporada". Veja:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

As acusações foram reportadas pela NBC News, que teve acesso à denúncia criminal que aconteceu em 2020. O caso reportava sobre agressões que Roiland teria cometido contra sua então namorada em janeiro do mesmo ano.

Ele se declarou "inocente" das acusações, mas teria sido preso em maio de 2020 e foi liberado após pagamento de uma fiança de US$ 50.000,00. Você pode entender melhor o caso aqui.

Roiland ainda não deu nenhuma declaração após o anúncio de sua saída de Rick and Morty. Ele tem outros projetos em outras emissoras, como Solar Opposites, e em outras mídias, como High on Life.

Justin Roiland demite-se da Squanch Games

Pouco depois do comunicado sobre sua saída de Rick & Morty, Justin Roiland demitiu-se do cargo de CEO do estúdio Squanch Games, responsável pelo título High on Life.

O comunicado sobre o pedido de demissão de Roiland foi anunciado via Twitter. Na pequena nota, a empresa reforçou o compromis...

Rick and Morty: Após acusações de violência doméstica, co-criador é demitido da animação
Leia Mais

Co-criador de Rick and Morty é acusado de violência doméstica nos EUA
Até quando vai durar Rick and Morty ?
Rick And Morty: Sexta Temporada - Primeiras Impressões