Ricciardo discutirá replays excessivos do acidente de Grosjean com F1

Jonathan Noble
·3 minuto de leitura

Daniel Ricciardo se encontrará com os chefes da Fórmula 1 no Bahrein nesta quinta-feira para discutir sua inquietação com a forma como os replays intermináveis ​​do acidente de Romain Grosjean foram reproduzidos na televisão.

O piloto da Renault estava profundamente infeliz no último fim de semana porque as telas foram preenchidas com exibições repetidas do acidente de Grosjean – quando os outros pilotos se preparavam para entrar em seus carros.

Leia também:

Ricciardo detona transmissão da F1 por replays do acidente de Grosjean F1 se defende após críticas de Ricciardo sobre replays do acidente de Grosjean no Bahrein

A F1 acredita que seguiu todos os protocolos corretos ao mostrar os replays apenas quando ficou satisfeita com a segurança de Grosjean, mas se ofereceu para explicar as coisas a Ricciardo.

O australiano disse que falaria com a direção da F1 ainda hoje sobre a situação.

"Houve a oportunidade [para conversar] e vou aceitar essa oferta hoje", disse Ricciardo. "Obviamente, depois da corrida eu ainda estava, digamos, não só um pouco quente, mas também tive que dissecar minha própria corrida e não achei que fosse o momento certo.”

"Vou ouvi-los hoje e, obviamente, ouvir os motivos e partir daí. Estou feliz em saber. Estou feliz por ter sido educado."

Ricciardo disse que sua opinião sobre os replays não mudou, já que ele ainda acha que a F1 foi longe demais no que mostrou.

"Acho que minha postura não mudou", disse ele. “Eu senti que quando eles mostraram uma vez e então obviamente o vimos pular e entrar no carro médico, eu senti que isso era tudo o que realmente precisávamos ver.”

“Eu senti que era falta de consideração com a família dele, mas também era uma distração, porque cada vez que íamos para a garagem e tentávamos descobrir o que estava acontecendo, a única coisa que estava acontecendo era que parecia uma repetição interminável.”

“Encontrei a esposa de Romain, Marion, e ela apreciou meus comentários e acho que essa é toda a validação de que precisava."

Ricciardo acrescentou que nunca sentiu que as colisões faziam parte do atrativo do automobilismo, embora entenda porque algumas pessoas gostam delas.

"Para mim, nunca gostei de acidentes", explicou. “Você recebe clipes e, 'oh, você viu os acidentes no Indy 500 ou algo assim?'

“Nunca foi realmente atraente para mim. Algumas pessoas amam. Algumas pessoas amam os destroços em todos os lugares, mas eu sinto que não tenho mais 10 anos. Você sabe, você meio que superou isso.”

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Russell vs Bottas, possível estreia de Schumi em 2020, comoção da ‘volta’ de Grosjean e Pietro no GP

PODCAST: O 'milagre' Grosjean e o que Pietro Fittipaldi pode fazer em estreia na F1

Your browser does not support the audio element.