Ricardo Salles volta a criticar Anitta e leva block da cantora no Twitter

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Anitta performou no Coachella (Foto: Amy Harris/Invision/AP)
Anitta performou no Coachella (Foto: Amy Harris/Invision/AP)

O ex- ministro do meio ambiente, Ricardo Salles, voltou a atacar a cantora Anitta nas redes sociais e foi bloqueado. Ele criticou a artista por ter defendido e usado as cores da bandeira nacional.

Salles postou um vídeo afirmando: “A utilização deste importante símbolo da nossa nacionalidade, do nosso patriotismo, não será com essas danças esquisitas, essas letras imorais e uma série de coisas que são absolutamente incompatíveis com o verdadeiro valor da família, com os valores conservadores, com o que é o espírito do brasileiro”, disse. Ele é pré-candidato a deputado federal pelo PL-SP, mesmo partido que o presidente Jair Bolsonaro.

Anitta costuma criticar Bolsonaro em declarações públicas e se tornou alvo de defensores do presidente.

Após uma postagem feita pela cantora Anitta no Twitter a respeito da bandeira do Brasil e das cores verde e amarelo, o presidente a ironizou no último sábado (16).

Ela escreveu que os símbolos nacionais "pertencem aos brasileiros” e que ninguém pode se “apropriar” deles. Numa possível indireta a Bolsonaro que utiliza as cores da bandeira do Brasil para fazer campanha política em oposição ao PT, que usa o vermelho na bandeira.

Apesar de não ter mencionado o presidente, ele compartilhou a publicação da cantora junto com um comentário irônico: “Concordo Anitta”, disse. Ele complementou a mensagem com vários emojis da bandeira do Brasil e um sinal positivo conhecido como “joinha”.

Na sequência, a cantora respondeu ao presidente: “Ai, garoto, vai catar o que fazer, vai”. Em seguida, a cantora decidiu bloquear a conta de Bolsonaro. “Meti logo um block (bloqueio) pra esses adms (administradores) dele não ficarem usando minhas redes sociais pra ganhar buzz (repercussão) na internet”, explicou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos