Ricardo Petraglia mostra pés de maconha e avisa aos amigos: 'Não posso dar nada'

*Arquivo* Pés de maconha. (Foto: Robson Ventura/Folhapress)
*Arquivo* Pés de maconha. (Foto: Robson Ventura/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Longe da televisão desde 2015, Ricardo Petraglia, 71, vem há alguns anos se dedicando à defesa do uso medicinal da Cannabis. Petraglia virou um fazendeiro associado à Associação Brasileira Para Cannabis há 4 anos e nos últimos dias vem compartilhando com seus seguidores vários vídeos de sua plantação, em Xerém, distrito do município de Duque de Caxias, Rio.

Petraglia já contou em várias entrevistas que fuma maconha de modo recreativo desde a juventude, mas em 2005 passou a usá-la como aliada ao tratamento para as dores na coluna. Sentiu-se melhor, praticamente curado, e desde então, decidiu buscar uma permissão para cultivar a erva legalmente.

Orgulhoso do que vem colhendo -e exibindo nas redes-, o ativista canábico revelou que amigos e seguidores o tem procurado para fazer alguns pedidos. "Querem semente, 'beck' [cigarro de maconha] e óleo", disse. Mas "por mais que tenha vontade", de colaborar, Petraglia diz reconhecer que pode se prejudicar por isso.

"Se eu resolvesse distribuir, poderia perder a minha licença especial de plantar para uso próprio", comentou o ator, que acabou indicando dois vendedores de mudas de maconha para os interessados.

Além de imagens de sua estufa em plena expansão, o ator também tem feito vídeos mostrando a sua rotina na propriedade. Em um deles, Petraglia aparece ao lado da companheira Marília exibindo os pés de maconha, fumando um "beck" e até dançando ao som de "Envolver", de Anitta.

Ricardo Petraglia ficou nacionalmente conhecido por contracenar com o ratinho Topo Gigio, na Bandeirantes, nos anos 1980, e também pelos seus personagens nas novelas da Globo, nos últimos 30 anos - "A Viagem", "História de Amor", "Salsa e Merengue" e "Por Amor", entre outras. O último trabalho foi na trama bíblica "Os Dez Mandamentos" da Record TV, há sete anos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos