Repórter se assusta com cobra que atacou microfone; veja

Redação


A repórter australiana Sarah Cawte ficou assustada após uma cobra, que estava nos ombros dela, atacar três vezes o microfone que ela segurava. A jornalista fazia uma reportagem para a televisão sobre segurança com serpentes.

"Ele acabou de morder meu microfone", disse a jornalista após o primeiro bote do animal. "Ele está mordendo meu microfone, o que eu faço?", questionou depois do segundo ataque.

Apesar do susto, a repórter se manteve parada, calma, e conversou com um tratador que acompanhava a gravação.

"Você ficará bem", respondeu o profissional. "É apenas o microfone que ele está vendo".

Em seguida, com o animal mais tranquilo, Sarah prosseguiu com a filmagem. "Eles podem não ser o animal favorito de todas as pessoas, mas muitas dessas cobras têm mais medo de você do que você tem delas", disse.

Assista ao momento:

A cena chamou atenção e, depois, os apresentadores do programa Today conversaram com Sarah para entender melhor o que havia acontecido.

"Eu estava lá apenas para gravar algumas imagens sobre segurança com cobras e eu me empolguei para ter uma em meus ombros. Eu estava tão assustada porque minha mão estava perto de onde ela estava mordendo. Foi muito assustador", disse a repórter.

Ela contou que o cameraman e o tratador apenas ficaram lá, vendo como a cena foi hilária. "Mas a cobra se acalmou, eu fiz a imagem de que precisava e assim que acabou eu falei: 'tire ela de mim'. Eu não queria ela em mim por mais tempo", disse Sarah.

VEJA TAMBÉM: imprevistos durante transmissões ao vivo na TV