Repórter é agredido ao vivo durante reportagem sobre furacão Ida

Shaquille Brewster, repórter da MSNBC, foi agredido ao vivo por um homem desconhecido enquanto apresentava uma reportagem sobre o rastro de destruição causado pelo furacão Ida nos EUA. Atualmente o furacão passa por Gulfport, no mississippi.

Durante a entrada ao vivo, um homem parou sua caminhonete e correu em direção ao repórter, exigindo que a reportagem fosse "feita com precisão". Brewster permaneceu calmo e chegou a rir, dizendo que é comum ter que lidar com o público durante links ao vivo.

Leia também:

O homem não gostou do comentário e partiu para cima do repórter, colocando a mão em direção ao pescoço de Brewster. A transmissão foi imediatamente interrompida. Em suas redes sociais, o jornalista agradeceu o apoio que recebeu do público e da emissora. "Obrigado a todos pelo apoio e amor, depois do que foi definitivamente o momento mais selvagem que já enfrentei ao vivo. Foi assustador. Mas continuamos aqui relatando o que está acontecendo".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos