Renúncia de Wagner Pires abre espaço para retorno de Mattos ao Cruzeiro

Alexandre Mattos é cogitado para retornar ao Cruzeiro (Ale Cabral/AGIF)

Isolado politicamente e bastante pressionado, é apenas questão de tempo para que Wagner Pires de Sá renuncie ao cargo de presidente do Cruzeiro. O mandatário celeste faz acertos finais para sair e deixar a tarefa da reconstrução do clube nas mãos de pessoas mais competentes. A eminente saída de Wagner Pires de Sá abre espaço para o retorno de Alexandre Mattos à Toca da Raposa. Informação divulgada pela Rádio Itatiaia e confirmada pelo Blog.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM
SIGA O YAHOO ESPORTES NO FLIPBOARD

Diretor de futebol do Cruzeiro durante a conquista do bicampeonato do Brasileiro em 2013 e 2014, Mattos trocou a equipe celeste pelo Palmeiras, em 2015, onde ficou até o início deste mês. Livre no mercado, o dirigente é visto como o nome ideal para remontar o time de futebol do Cruzeiro, que em 2020 vai disputar a Série B do Brasileirão.

Tão logo seja confirmada a saída da diretoria encabeçada por Wagner Pires de Sá, um conselho gestor vai assumir as rédeas do clube, até a realização de uma nova eleição. Entre os nomes escolhidos para liderar o início da reconstrução do Cruzeiro está o de Pedro Lourenço, conselheiro e patrocinador do clube.

Pedrinho é um fã confesso de Alexandre Mattos e já revelou a interlocutores o interesse em recontratar ex-diretor do Cruzeiro. Inclusive, não é a primeira vez que o nome do dirigente é cogitado para voltar. Ainda durante o período sob o comando de Zezé Perrella, o retorno de Mattos foi cogitado, mas logo descartado.

Desafio diferente para Mattos

Caso tope o desafio, Alexandre Mattos vai encontrar um cenário bastante diferente do que teve no próprio Cruzeiro e no Palmeiras. Nas últimas temporadas, o diretor de futebol se notabilizou por grandes contratações, sempre com muito dinheiro à disposição. Para 2020, o orçamento da Raposa não será dos mais gordos. Pelo contrário, será um ano de muito aperto financeiro para o clube mineiro.

Mas se teve muita grana para trabalhar, Mattos correspondeu com títulos. No Cruzeiro foram três conquistas, sendo dois Campeonatos Brasileiros (2013 e 2014) e um Mineiro (2014). No Palmeiras foram três conquistas nacionais, sendo também dois Brasileirões (2016 e 2018) e uma Copa do Brasil (2015). Alexandre Mattos também tem um título de Série C no currículo, conquistado com o América-MG, em 2009.

Veja mais sobre futebol mineiro no Blog de Victor Martins

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter