Renata Capucci conta que teve depressão após ser diagnosticada com Parkison

Renata Capucci trabalha no jornalismo da Globo (Foto: Raquel Cunha/Globo)
Renata Capucci trabalha no jornalismo da Globo (Foto: Raquel Cunha/Globo)

Renata Capucci foi diagnosticada com Parkison em 2018, mas só falou sobre o assunto publicamente nos últimos dias em um dos podcasts do "Fantástico", o "Prazer, Renata". Durante o papo, a jornalista da Globo afirmou que ficou chocada quando descobriu a doença e acabou caindo em depressão.

"Chegou a minha hora, chegou a minha vez de me libertar. Porque viver com esse segredo é ruim. Você se sente vivendo uma vida fake, porque parte de você é de um jeito e você fica escondendo a outra parte de outras pessoas, no meu caso a maioria das pessoas, porque sou uma pessoa pública", desabafou.

Na entrevista, Renata contou que o diagnóstico veio quando ela estava participando do reality "Popstar". A jornalista já apresentava alguns sintomas, mas não percebia (ou preferia não perceber). Certo dia, no entanto, o seu braço subiu sozinho. O marido, que é médico, a levou para o hospital com urgência. "Aquilo caiu como uma bigorna em cima da minha cabeça", recordou a jornalista.

Segundo Renata, o diagnóstico foi digerido em etapas. "Já passei por todas as fases, da depressão, da negação. Hoje, estou na fase cinco que eu olho essa doença de frente e eu falo assim: ‘Senhor Parkinson, eu tenho você, você não me tem’. Eu faço tudo o que eu posso de exercício, de remédio, e tenho uma vida positiva", completou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos