Relembre polêmicas após a morte de Marília Mendonça, de Naiara Azevedo a Huck

**Arquivo** SÃO PAULO, SP,   A cantora de música sertaneja Marília Mendonça durante show na cidade de Bauru.  (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)
**Arquivo** SÃO PAULO, SP, A cantora de música sertaneja Marília Mendonça durante show na cidade de Bauru. (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Desde a morte de Marília Mendonça em um acidente de avião em Minas Gerais, singles e um EP póstumos foram lançados e ajudaram os fãs da cantora a lidar com a saudade. Menos felizes são as polêmicas póstumas, como a briga de Naiara Azevedo com a família de Mendonça envolvendo o single "50%".

O caso começou quando Azevedo anunciou que lançaria a faixa, uma parceria com Mendonça, em uma entrevista ao jornal Extra pouco antes de entrar para o Big Brother Brasil. Na ocasião, João Gustavo, irmão de Mendonça, criticou Azevedo no Twitter.

"Todo mundo já sabia que você entraria no BBB para se promover, e eu sei que você não vai tirar o nome da minha irmã da boca, então vou fazer de tudo para que você não fique dentro dessa casa", escreveu. "Eu não vou aceitar, não, gente. Ninguém vai ganhar em cima dela dela, não."

Uma semana depois, João Gustavo voltou atrás. Disse nas redes sociais que não era contrário à música, já que, se a irmã tinha feito a gravação em vida, era de sua vontade e, portanto, o lançamento deveria ser respeitado.

Ele explicou que o motivo de sua retaliação era que o vídeo que Naiara Azevedo queria lançar era "totalmente diferente" do que a irmã tinha gravado antes de ser morta, "com um tom de tristeza e sofrimento" que ele e sua mãe, Ruth Moreira, consideravam apelativo e não aprovavam.

A briga se resolveu quando a equipe de Azevedo, que ainda estava confinada no BBB, procurou a mãe e o irmão de Marília Mendonça e se comprometeu a não usar mais o vídeo que incomodava a família no lançamento de "50%".

João Gustavo, então, pediu desculpas à cantora. "Hoje, de cabeça fria, reconheço que fui duro nas palavras e, por não ter compromisso com o erro, peço desculpa a Naiara e toda a sua equipe. É a última vez que falo sobre o assunto."

Outro conjunto de polêmicas envolveu comentários sobre o peso da cantora. Durante uma edição do Domingão com Huck em novembro do ano passado, enquanto homenageava a cantora, o apresentador Luciano Huck fez um comentário mal recebido sobre o peso de Marília Mendonça e de Maiara e Maraísa.

"Há três semanas que eu estava com as três no palco. Na verdade, era só metade das três no palco, porque elas estavam as três magrinhas", disse o apresentador.

Huck se desculpou na edição seguinte. "Acho que o mundo tem melhorado, a gente tem superado questões importantes. Antes podíamos fazer um tipo de piada que não podemos mais, podia fazer comentário que não pode mais e tem assuntos que a gente não deve falar mais", afirmou.

"Muita gente sofreu ao longo da vida com essa pressão de como tem que ser, o que é bonito, o que é feio. Então acho que não temos mais que falar de estética, cada um tem que ser feliz do jeito que é. Peço desculpas por ter feito um comentário sobre isso, não farei mais", concluiu ele.

A também apresentadora Ana Maria Braga, da TV Globo, se envolveu em uma polêmica parecida. Na edição do dia 8 de novembro do ano passado do Mais Você, enquanto comentava a morte de Marília Mendonça, a apresentadora disse "ela fez tanto para chegar nesse shape lindo, físico, né?". "Ela emagreceu, criando um caminho para ela, que fazia sentido, com esse vozeirão. E, de repente, ironia do destino que morreria dali a quatro, cinco dias."

No mesmo dia, a apresentadora assistiu a trechos da participação da cantora em um dos episódios do Mais Você e comentou a quantidade de comida que Marília Mendonça consumiu durante o programa. As falas da apresentadora provocaram reações negativas na internet.