Relembre ex-participantes do reality "Big Brother Brasil" que já morreram

Foto: Reprodução/TV Globo - Foto: Reprodução/TV Globo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Nem tudo é alegria quando se trata de Big Brother Brasil. Da primeira edição, em 2002, até o momento, 288 participantes passaram pela casa mais vigiada do Brasil. Destes, três já não estão mais entre nós. A poucos dias da estreia do BBB 20, relembre os 'brothers' que já morreram.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

1. BUBA

Edilson Buba participou da quarta edição do programa, que consagrou Cida como campeã. Em 2006, morreu em decorrência de um câncer. Ele tinha 34 anos e estava internado havia dois meses em um hospital de Curitiba. Após a passagem pela casa, Buba posou nu para a "G Magazine" e também fundou uma ONG de assistência a dependentes químicos.

Leia também:

2. CAUBÓI

André de Almeida, que ficou conhecido como Caubói no BBB 9, morreu em 2011, numa emboscada na chácara onde morava, em Alumínio (SP). Ele tinha 37 anos e deixou a mulher e quatro filhos. Max Porto, vencedor da 9ª edição, esteve no velório e prestou sua solidariedade à família do amigo.

3. NONÔ

Norberto Carias dos Santos, o Nonô, morreu em 2017 em São Carlos (SP). Ele tinha 72 anos e lutava contra um câncer. Nonô participou do "BBB9", o mesmo de André Caubói, e na época foi um dos participantes mais velhos a entrar no jogo, com 63 anos.