Relembre celebridades que a separação terminou em processo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os atores Johnny Depp, 58, e Amber Heard, 36, não foram os únicos famosos que terminaram o relacionamento se acusando e brigando no tribunal. Outras celebridades brasileiras e estrangeiras brigaram na Justiça por partilha bens, difamação e acusações de violência doméstica e abuso sexual.

A modelo Luiza Brunet e o bilionário Lírio Parisotto saltaram das colunas sociais para as policiais, em 2016, devido a violência doméstica. Ele foi denunciado pela modelo e condenado pela Justiça de São Paulo por agressão. O empresário ainda tentou reverter a decisão, mas foi derrotado por unanimidade no STF.

A atriz Viviane Araújo, 45, processou Caroline Furlan, mulher do seu ex-marido Radamés Martins por dano moral, injúria e difamação, em 2020. "Eu fui ofendida por ela. A partir do momento que a pessoa me difama e me xinga, achei que tinha que tomar providências", afirmou à reportagem.

A briga teria começado após vir à tona um acordo de R$ 400 mil que Araújo teria pago a Radamés para encerrar uma briga judicial entre os dois. Segundo o jornal Extra, a atriz teria pago o valor ao ex que seria referente a um imóvel adquirido quando eles estavam juntos. Radamés teria contribuído na época com R$ 100 mil.

A ex-RBD Maitê Perroni processou o ex-marido Koko Stambuk e a atriz Claudia Martín por difamação. A briga começou quando o casal Andres Tovar e Claudia anunciou a separação e a cantora começou a ser apontada como pivô.

Stambuk e Claudia também começaram a mandar indiretas nas redes que davam a entender que Maitê era a culpada pelo fim dos dois relacionamentos. Em junho de 2021, o escritório da ex-RBD disse à revista norte-americana People que ela estava entrando com ações judiciais por difamação.

A influenciadora Virgínia Fonseca, mulher do cantor Zé Felipe, perdeu um processo contra o ex-namorado, o influenciador André Resende, em 2021. A briga judicial começou após ela deixar a agência a qual ele é sócio e pedir reconhecimento de vínculo empregatício.

A atriz Alexa Nikolas, que interpretou Nicole Bristow na série "Zoey 101", também entrou com um processo no ano passado contra o ex-marido. Ela o acusa de perseguição quando ela ainda era menor de idade, agressão sexual e manipulação para ela se casar com ele.

Já o ator Ryan Phillippe foi acusado de agressão e processado pela ex-namorada Elsie Hewitt, em 2017. Segundo a modelo, o ator chutou, bateu e a empurrou de um lance de escadas depois de uma briga. Ele contra-atacou processando a ex, mas os dois acabaram entrando em um acordo poucos dias antes do julgamento.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos