Representatividade importa: relembre as atrizes transexuais que fazem sucesso em novelas

Foto: Reprodução/Instagram/TV Globo

Por Felipe Abílio (go_abilio)

A atriz Glamour Garcia perdeu o ar quando soube que interpretaria Britney, personagem de “A Dona do Pedaço”. Novela do horário nobre, protagonizada por Juliana Paes, a trama de Walcyr Carrasco tem esquentado o ibope da Rede Globo.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Tanto é que bastou Britney surgir por apenas três segundos no capítulo do dia 29 de maio, quando Rarrisson aparece já transicionada, para o nome da personagem virar um dos assuntos mais falados no Twitter. Outra atriz que vem ganhando espaço é Gabrielle Joie, que já fez participações na série “Sob Pressão’, e agora estreia em “Bom Sucesso”, próxima novela das sete da Globo. Na história, a jovem vai começar a trama como Michel até se descobrir como Michelly.

Leia também

Fórmula de sucesso de muitos anos, o público se envolve em histórias emocionantes sobre LGBTQ+ e a TV tem investido cada vez mais na diversidade. Fizemos uma lista para relembrar os atores que passaram pela transição e brilharam na TV.

Cláudia Celeste

Foto: Divulgação

Cláudia Celeste surgiu como uma corista do teatro de revista de Carijó (Lima Duarte) em “Espelho Mágico”, de Lauro César Muniz em 1977. A personagem de Claudia era uma dançarina que ensinava coreografias à personagem de Sônia Braga. Desafiando as leis da ditadura, Claudia entrou para o elenco sem que os diretores soubessem sua identidade de gênero. Ao ser descoberta, Claudia foi tirada de cena, já que na época do Regime Militar as travestis eram proibidas de aparecer na televisão. Claudia deu a volta por cima e voltou ao ar 11 anos depois em “Olho por Olho”, novela da Manchete escrita por José de Louzeiro. Na trama, a atriz não precisou esconder sua identidade e ganhou um personagem fixo, a Dinorá. A atriz morreu aos 66 anos em maio de 2018.

Thammy Miranda

Foto: Reprodução/Instagram

Thammy Miranda causou em sua estreia como ator ao viver o personagem Jô, em “Salve Jorge”. Na época, Thammy ainda não tinha iniciado totalmente sua transição, mas já se identificava com o gênero masculino. Na trama, escrita por Glória Perez, Jô se vestia de mulher a fim de descobrir segredos sobre uma quadrilha que sequestrava mulheres para se prostituir na Turquia.

Maria Clara Spinelli

Foto: Reprodução/Instagram

Maria Clara Spinelli conseguiu um feito difícil, interpretou uma mulher cisgênero -- quando a pessoa se reconhece no gênero atribuído no nascimento -- mesmo sendo transexual em “A Força do Querer”. Na trama de Glória Perez, a atriz deu vida a vilã Mira, personagem parceira de Débora Falabella. Antes desse trabalho, Maria já tinha vivido personagens transexuais como a Anita, de “Salve Jorge”, também de Glória Perez, e a presidiaria Janette em “Supermax”. No ano passado, Spinelli publicou um desabafo falando sobre os raros convites para atuar. “Embora eu tenha um 'nome' no meio artístico e seja respeitada e premiada, também ninguém me dá emprego. Conversando hoje com meu empresário, compartilhando com ele meu desânimo, ele me disse que me oferece, sim, para todas as produções em que existam personagens com meu perfil, mas os produtores de elenco nunca respondem nada, nunca justificam porque não sou sequer selecionada para testes para personagens não transgêneros."

Fabianna Brazil

O SBT também já explorou a temática em suas tramas ao contratar a atriz transexual Fabianna Brazil para a novela “Vende-se um Véu de Noiva”, escrita por Íris Abravanel. Na trama, a atriz viveu a personagem travesti Andressa Carla, que era paga pela vilã Eunice Baronese (Elaine Cristina) para desmoralizar Homero (Marcos Winter).

Gabriela Loran

Foto: Reprodução/Instagram

A atriz interpretou uma professora de dança trans que dava aulas de stilleto (uma aula de dança sob o salto alto) em ‘Malhação – Vidas Brasileiras’, escrita por Patrícia Moretzsohn. Em 25 nos no ar, essa foi a primeira vez que o folhetim teen contou com uma mulher trans no elenco.

Tarso Brant

Foto: Reprodução/Instagram

Tarso Brant também estreou nas novelas em uma trama de Glória Perez. O ator foi consultor da autora sobre a história de Ivana (Carol Duarte), que passou por seu processo de transição diante do público. Tarso entrou na trama como amigo de Ivan, ajudando-o em algumas dúvidas sobre a nova identidade.

Rogéria

Foto: Divulgação

Conhecida e respeitada em todo o Brasil, Rogéria fez várias participações em programas de TV, mas tiveram duas passagens marcantes em novelas. A primeira aconteceu em “Tieta”, em 1989. Na trama de Aguinaldo Silva, os homens de Santana do Agreste morrem de amores pela amiga de Tieta (Betty Faria), mas descobrem que Ninete se chamava na verdade Valdemar. Rogéria ainda voltou ao ar como a glamourosa Úrsula Andressa de “Babilônia”. A personagem era uma veterana do show business.

Nany People

Foto: Reprodução/Instagram

Nany People também comemorou sua ascensão ao horário nobre. A atriz deu vida ao personagem Marcos Paulo de “O Sétimo Guardião”, da Globo. “Há um ano era só um sonho prestes a se tornar realidade. Um ano se passou e o sonho se transformou, aconteceu e se realizou. Acabo de pegar o penúltimo capítulo da novela que tanto acrescentou em minha história. Foi lindo, mágico e transformador ter vivido esse sonho. Graças a la vida pela fé que me mostra sempre”, disse ela nas redes sociais.