Alec Baldwin diz "não ter ideia" de como munição real chegou ao set de "Rust"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Ator norte-americano Alec Baldwin
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Jill Serjeant

LOS ANGELES (Reuters) - Alec Baldwin disse em uma entrevista à rede ABC News que será exibida na noite desta quinta-feira que não sabe como uma munição real foi parar no set do filme "Rust" e que não apertou o gatilho da arma que matou uma diretora de fotografia durante um ensaio.

A entrevista marca o primeiro relato público de Baldwin sobre o incidente de 21 de outubro, que ainda está sendo investigado por autoridades do Estado norte-americano do Novo México.

Em um trecho adiantado, Baldwin disse que não puxou o gatilho da arma, o que cria a possibilidade de o revólver Colt de calibre .45 ter disparado acidentalmente.

"Eu jamais apontaria uma arma a alguém e puxaria o gatilho contra a pessoa", disse o ator, de acordo com o trecho.

Baldwin ainda disse a George Stephanopoulos, da ABC, que "não tem ideia" de como a munição real chegou ao set do filme e que ela não deveria estar na propriedade.

"Eu reflito e penso no que poderia ter feito", disse ele a Stephanopoulos.

A diretora de fotografia Halyna Hutchins morreu e o diretor Joel Souza ficou ferido quando uma arma que o ator Alec Baldwin foi informado ser segura disparou uma munição real. Ele era o protagonista e também um produtor do faroeste de baixo orçamento.

Steven Howard, especialista em armas radicado no Michigan, disse à Reuters nesta quinta-feira que uma arma pode disparar por engano se o gatilho ou o cão sofrer um defeito ou um mal funcionamento "muito, muito raro" ou se estiver entupida de dejetos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos