Relações sexuais de casais com filhos duram pouco mais de 2 minutos

A duração média das relações sexuais de casais com filhos é de apenas dois minutos e 15 segundos. [Foto: Getty]

Não é segredo que ao nos tornarmos pais, nossa vida sexual é afetada, e uma nova pesquisa sugere que a situação é pior do que imaginávamos, com casais dedicando poucos minutos ao sexo.

De acordo com a pesquisa do site de maternidade ChannelMum, as relações sexuais dos casais que têm filhos duram, em média, dois minutos e 15 segundos. Além disso, um em cada 12 casais admite que o sexo termina em menos de um minuto.

Devido às pressões do cuidado dos filhos, 71% dos pais afirmam que as “rapidinhas” são uma forma de manter a chama acesa depois da chegada das crianças.

De forma pouco surpreendente, três quartos dos casais entrevistados admitem ter menos relações sexuais desde que se tornaram pais. No entanto, as perspectivas nem sempre são ruins, já que 47% dos pais afirmaram que sua vida sexual está melhor do que nunca, embora apenas 29% das mães tenham concordado.

Cathy Ranson, editora do ChannelMum.com, disse ao Yahoo Style UK: “Não se fala muito sobre o sexo após a chegada dos filhos, então nós fizemos a pesquisa para descobrir o que está acontecendo, o que não está, e o que podemos fazer a respeito”.

“A boa notícia é que a maioria dos pais e mães ainda mantêm a magia viva nos relacionamentos, a ponto de metade dos pais dizerem que sua vida sexual é melhor do que antes, e apenas um em seis a classificarem como pior”.

“No entanto, nem todas as mães sentem o mesmo, já que um terço delas afirma que o sexo piorou após a maternidade. As mães estão preocupadas pois não têm tempo suficiente para entrar no clima e se sentem estressadas tendo que trabalhar, ser boas mães, fazer as tarefas do dia a dia e encontrar tempo para ter uma vida sexual satisfatória”.

Cathy compartilhou suas dicas sobre o que pais e mães podem fazer para melhorar suas vidas sexuais.

  1. Agende o sexo. Tudo na vida em família costuma ser programado, então não se esqueça da sua própria satisfação. Reserve um momento – mesmo que seja uma vez por mês – para a relação sexual.
  2. Lembre-se de que o sexo não será como era antes do bebê, e ele não precisa ser perfeito. O que importa é se divertir e aproveitar o momento.
  3. O corpo muda depois de ter um bebê, então o que funcionava antes pode não funcionar mais. Seja paciente consigo mesma e tire um tempo para descobrir o que faz você se sentir bem.
  4. A porta trancada é sua amiga. Coloque uma fechadura na porta do quarto ou tire proveito da privacidade do banheiro.
  5. Saia à noite com seu marido/esposa. Reavive a faísca da paixão e relembre os motivos pelos quais vocês estão juntos.
  6. Se seus filhos forem um pouco maiores, veja se uma avó ou um membro da família pode ficar com eles por uma noite, de tempos em tempos. Vocês não apenas poderão ter uma relação sexual menos inibida, mas também conseguirão dormir até mais tarde pela manhã!
  7. Precisa de um pouco de ajuda? Apimente a relação com brinquedos sexuais, lubrificantes ou filmes pornográficos. Todo mundo faz isso, embora ninguém fale a respeito!

Ela também divulgou as posições preferidas dos participantes para uma “rapidinha”. Experimente as seguintes opções:

  • Estilo cachorrinho – 58%
  • Papai e mamãe – 53%
  • Conchinha – 24%
  • Mulher por cima olhando para o homem – 23%
  • Mulher deitada enquanto o homem se ajoelha e segura as pernas dela no alto – 16%
  • Em pé, com o homem por trás – 13%
  • Mulher entrelaçando as pernas ao redor do homem, com ambos deitados – 9%

Francesca Specter