Relógio Redmi Watch é oficializado com bateria de até 12 dias

Diego Sousa
·2 minuto de leitura

A Xiaomi também aproveitou o evento desta quinta-feira (26) para lançar o primeiro relógio inteligente sob a marca Redmi. O Redmi Watch SE se destaca pela promessa de durar até 12 dias longe da tomada, além de contar com diversos modos de exercícios e monitoramento físico. Vale lembrar que o smartwatch já foi homologado pela Anatel e pode ser lançado no Brasil a qualquer momento.

Principais características

Confirmando rumores sobre o primeiro smartwatch da Redmi, o dispositivo traz uma tela colorida de 1,41 polegada e formato quadrado, pouco semelhante ao Apple Watch. O display exibe 323 ppi de densidade e conta com ajuste de brilho automático e vidro 2.5D para uma maior resistência a quedas. A pulseira é de silicone e estará disponível nas cores preto, branco, azul, rosa e verde.

Redmi Watch estará disponível em diversas combinações de cores (Foto: Divulgação/Redmi)
Redmi Watch estará disponível em diversas combinações de cores (Foto: Divulgação/Redmi)

O principal diferencial do Redmi Watch é sua bateria de 230 mAh, que, apesar de ser a metade da capacidade do Mi Watch, promete até sete dias de uso normal e até 12 dias de uso no modo de economia de energia. Além disso, o smartwatch oferece suporte à recarga rápida, levando de 0% a 100% em duas horas.

Como o foco do relógio inteligente é monitorar as atividades físicas dos usuários, ele traz funções de monitoramento cardíaco 24/7, sono e exercícios. São sete modos de esportes suportados, como ciclismo, corrida e até natação, este último graças à resistência contra água. Pode esperar também por GPS embutido, NFC para pagamentos por aproximação e até suporte à assistente virtual da Xiaomi, a Xiao AI.

Tela quadrada de 1,4 polegada do Redmi Watch (Foto: Divulgação/Redmi)
Tela quadrada de 1,4 polegada do Redmi Watch (Foto: Divulgação/Redmi)

Preço e disponibilidade

O Redmi Watch será vendido exclusivamente na China por 299 yuan, cerca de R$ 240 em conversão direta para nossa moeda. De acordo com recente certificação na Comissão Federal de Comunicações (FCC) dos Estados Unidos, o dispositivo ganhará uma versão global chamada Mi Watch Lite, ou seja, uma versão mais acessível do Xiaomi Mi Watch.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: