Regis Philbin, apresentador que bateu recorde de horas no ar, morre aos 88

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Regis Philbin, apresentador de TV americano com uma carreira de mais de 60 anos, morreu na última sexta (24), aos 88 anos. A informação foi dada pelo site da revista People. "Estamos muito tristes em informar que nosso amado Regis Philbin morreu na noite passada de causas naturais, um mês antes de seu 89° aniversário", disse a família dele em comunicado. Philbin era conhecido pelo estilo animado e pelo humor auto-depreciativo com o qual comandava talk shows e game shows na TV dos Estados Unidos. Ele entrou para o Livro dos Recordes como o apresentador que mais horas ficou no ar, com mais de 17 mil horas. Philbin conquistou sucesso nacional em 1988, depois que programa o "The Morning Show" -que ele criou em 1983 no WABC, de Nova York, sua cidade natal- ganhou exibição para todo os Estados Unidos. O programa matinal depois foi renomeado para "Live with Regis and Kathie Lee", quando ele tinha Kathie Lee Gifford ao seu lado na bancada. O programa depois passou a se chamar "Live! with Regis and Kelly", com a entrada de Kelly Ripa. Philbin deixou o programa em 2011. Ele também apresentou diversos game shows, incluindo a versão americana de "Who Wants to Be a Millionaire?", um de seus trabalhos mais famosos, a partir de 1999. Em um comunicado no Instagram, Ripa, ao lado de seu atual companheiro de bancada, Ryan Seacrest, disse que estava "mais do que triste" ao saber da morte de Philbin. "Levou seu riso e sua alegria às nossas casas todos os dias no 'Live'."