Regina Duarte 'se esquiva', mas dá a entender que aceitará convite

(Rogério Gomes/Brazil Photo Press/LatinContent via Getty Images)

Regina Duarte desembarcou no início da tarde desta quarta-feira em Brasília para definir em conversa com o presidente Jair Bolsonaro se aceitará o convite para chefiar a Secretaria Especial da Cultura.

Ao chegar no aeroporto a atriz foi abordada por jornalistas e se esquivou das perguntas segundo noticiou o "G1".

Leia também

Ela estava acompanhada da reverenda Jane Silva, convidada por ela para assumir a secretaria-adjunta da pasta. Ao comentar as questões, disse que não poderia falar nada por “protocolo", indicando que deverá responder positivamente.

— Gente, o protocolo diz que não posso falar ainda — disse Regina ao ser questionada se havia aceitado o cargo.

Ela afirmou ainda que o "noivado" com o presidente havia sido "excelente", mas se limitou a um "vamos ver" quando perguntaram se o noivado iria virar um casamento.

— Estou começando a tomar pé. Dá um tempo aí, gente — disse Regina.

A Secretaria Especial da Cultura está sem comando desde a queda do ex-secretário, Roberto Alvim, demitido por Bolsonaro devido a má repercussão de um vídeo oficial com referências nazistas.

Da AGÊNCIA O GLOBO