Regina Duarte é criticada por incentivo de discriminação contra petistas

***ARQUIVO***SAO PAULO, SP, BRASIL 20.09.2021 Regina Duarte (atriz). (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)
***ARQUIVO***SAO PAULO, SP, BRASIL 20.09.2021 Regina Duarte (atriz). (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Regina Duarte voltou a usar as redes sociais neste domingo (13) para ainda protestar contra a eleição de Luiz Inácio Lula da Silva para presidente da República há duas semanas. A atriz divulgou um pedido para que os eleitores de Lula usem um adesivo com a estrela do Partido dos Trabalhadores se identificando na porta dos seus respectivos comércios como apoiadores do novo governo. A ex-secretária de Cultura de Jair Bolsonaro foi bastante criticada e até acusada de incentivar a discriminação contra os petistas.

Na postagem, Regina colocou uma imagem do símbolo da estrela vermelha do PT com a seguinte descrição: "Atenção petistas, coloquem esse adesivo na porta de seu negócio. Mostre que você tem orgulho de quem elegeu". Ela ainda completou na publicação: "A legenda já é post".

O ator e apresentador Rafael Cortez foi um dos primeiros a criticar Regina Duarte. Ele lembrou a identificação imposta aos judeus em 1941. Todos os judeus maiores de seis anos passaram a usar uma Estrela de Davi amarela, sob um fundo preto, com a palavra "Judeu" no peito. "A senhora sabe que isso de pedir para colocar símbolo petista remete ao ato dos nazistas obrigarem os judeus a colocar a estrela do Judaísmo em suas roupas e estabelecimentos, não é? A senhora se sente mal de repercutir conceitos nazistas?", questionou Cortez".

Uma internauta também desaprovou o post de Regina. "Postagem homofóbica! Triste ver uma artista, uma atriz por tantos anos, que ainda fez papéis revolucionários como Malu da série "Malu Mulher", vir com esse tipo de comportamento". Outro seguidor ainda quis saber qual seria intenção da atriz com a publicação. "Com toda certeza e ainda faço o 'L' de Lula". Está querendo o que com isso, Regina?".

A atriz também recebeu apoio pela publicação. "O povo tem que aprender a não dar ibope, palmas e dinheiro para petistas", comentou uma internauta e outra fã de Regina completou: "Eles não têm coragem. Ainda faço questão de nem entrar".

Desde que Jair Bolsonaro foi derrotado nas urnas, Regina vem mostrando que não aceita o resultado. Ela fez várias postagens deixando claro ser contra o novo governo e lamentando também o futuro do país na gestão Lula. Assim como a colega de profissão Cássia Kis, ela participou recentemente de manifestações antidemocráticas na avenida Paulista e até escreveu: "O povo acredita na Justiça. Divina Justiça que virá salvar os brasileiros das artimanhas Comunistas".