Redes sociais estão deixando crianças com mentalidade de 3 anos de idade

Reprodução/Pixabay PublicDomainPictures

É bom pensar duas vezes antes de permitir que seus filhos usem redes sociais muito cedo. Pesquisadores afirmam que essas mídias podem afetar a maturidade emocional de uma criança, deixando-as com a mentalidade de um bebê de três anos.

Leia mais: Redes sociais estão tornando jovens solitários, diz especialista

A neurocientista Susan Greenfield diz que redes sociais e vídeo games tornam as crianças incapazes de se comunicarem umas com as outras. Isso se deve ao fato de que elas tão constantemente buscando por algo que as distraiam.

“O que prevejo é que as pessoas passarão a se comportar como um indivíduo de três anos: emotivas, atitudes perigosas, habilidades sociais e personalidades fracas e baixa capacidade de concentração”, explicou Susan ao Daily Telegraph.

Ela também cita um estudo conduzido por psicólogos das Universidades da Virgínia e Havard, que descobriu que estudantes preferem receber pequenos choques elétricos do que ficarem sozinhos sem algum tipo de distração.

Leia mais: Redes sociais estão arruinando a maneira como lembramos de nossas memórias, diz estudo

Susan aponta que as pessoas “precisam de estimulação constante de seu ambiente a todo momento” e isso indica que elas não são mais capazes de contemplar seus próprios pensamentos. Uma solução sugerida por ela é que os pais tentem estimular seus filhos a fazerem atividades mais desafiadoras para a mente, como esportes e leitura.