Recém-lançada ‘A Casa do Dragão’ anuncia segunda temporada

A série “A Casa do Dragão”, derivada de “Game of Thrones”, cujo lançamento, no último domingo, foi um sucesso de audiência, terá uma segunda temporada, anunciou nesta sexta-feira (26) o grupo americano WarnerMedia, matriz da HBO.

“Estamos mais do que orgulhosos pelo que toda a equipe de Casa do Dragão conseguiu com a primeira temporada (...) Não poderíamos estar mais emocionados em seguir dando vida à saga épica da Casa Targaryen com uma segunda temporada”, disse a vice-presidente de Drama da HBO, Francesca Orsi.

Os fãs de Game of Thrones, que chegou ao fim há três anos, aderiram ao novo lançamento, cuja narrativa se desenvolve quase 200 anos antes da série inicial, contando a história da ambiciosa dinastia Targaryen e seus 17 dragões.

O primeiro episódio atraiu 9,98 milhões de espectadores ao ser exibido na noite do último domingo nos Estados Unidos pelo canal de TV HBO e pela plataforma de streaming HBO Max, obtendo “a maior audiência de uma nova série original na história da HBO”, afirmou a empresa no dia seguinte.

Até esta sexta-feira, “mais de 20 milhões de espectadores já haviam assistido ao primeiro episódio em serviços por demanda e na HBO Max nos Estados Unidos”, de acordo com o grupo. Trata-se de um acerto da Warner Bros, nascida da fusão entre WarnerMedia e Discovery, no momento em que o novo gigante do entretenimento americano tenta encontrar seu lugar na chamada “guerra do streaming”.

No competitivo mundo dessas plataformas, em 2 de setembro chegará outra muito esperada série de fantasia: “O Senhor dos Anéis: Os Anéis do Poder”, baseada na franquia literária criada por J.R.R. Tolkien.

Após adquirir os direitos para adaptar o universo dos hobbits e elfos por 250 milhões de dólares, a Amazon Prime Video lança a série com um orçamento de mais de 1 bilhão de dólares, já classificada como a mais cara da história.

bur-mdo-nr/dax/ll/dl/ic/lb