Rapper Takeoff, do grupo Migos, é morto a tiros em festa em Houston

Imagem de arquivo: Os rappers do grupo Migos, (esq. para dir.) Offset, Quavo e Takeoff, no Met Gala em 2018.

Por Rich McKay

(Reuters) - O rapper Takeoff, membro do influente grupo de rap Migos, foi baleado e morto em uma festa realizada em uma pista de boliche na cidade de Houston nesta terça-feira.

Takeoff, de 28 anos, cujo nome verdadeiro é Kirshnik Khari Ball, foi encontrado morto no local por volta das 2h40 (4h40 no horário de Brasília), segundo a polícia. Duas outras pessoas, um homem e uma mulher na casa dos 20 anos, também foram baleados, mas estão em recuperação.

O rapper foi um membro importante do trio de hip hop de Atlanta, que teve uma série de sucessos no topo das paradas, incluindo "Bad and Boujee", com o rapper Lil Uzi Vert, "MotorSport" e "Walk It Talk It".

“Takeoff não era apenas um artista musical brilhante com talento ilimitado, mas também uma alma bondosa e gentil”, disse seu advogado Drew Findling.

Pelo menos 40 pessoas estavam na festa quando o tiroteio ocorreu, disse o chefe da polícia de Houston, Troy Finner, durante um pronunciamento. Ele pediu às testemunhas que ligassem para a polícia com informações.

"Todos os irmãos e irmãs do bairro, estamos pedindo que você se apresente" em nome da justiça, disse Finner.

O chefe disse que a polícia não tem motivos para acreditar que Takeoff esteja envolvido em qualquer atividade criminosa, mas disse que o tiroteio não foi um evento aleatório.

Um segundo membro do Migos - Quavo, 31, cujo nome verdadeiro é Quavious Keyate Marshall - estava na festa, mas não se machucou, informou a Rolling Stone. Um terceiro membro, Offset, primo de Takeoff, cujo nome verdadeiro é Kiari Kendrell Cephus, não estava lá.

A polícia não forneceu um motivo para o tiroteio além de dizer que houve uma discussão na festa.